Qual a melhor época para inaugurar uma franquia?

Existe a ideia de que lojas devem ser inauguradas no Natal. Entenda por que essa pode ser uma péssima ideia.

Qual a melhor época para inaugurar uma franquia?

Temos aqui no Brasil uma orientação de que tudo deve ser preparado para dezembro e em especial o período de Natal.

Não é por nada que 60% das dez mil franquias abertas anualmente são inauguradas no segundo semestre e, na sua maioria, no quarto trimestre.

Abrir perto, ou mesmo no período de Natal virou uma regra no comércio. Por ser o período onde as vendas mais crescem, mesmo comparado com outras importantes datas festivas que motivam vendas como Dia das Mães, dos Pais, Namorados e Páscoa, há uma  neurose para que mobiliário, equipamentos, estoques e obras fiquem prontas na véspera destas datas.

Todos desejam iniciar o negócio impulsionado pelo volume adicional de vendas destes períodos comemorativos, mas esquecem de um detalhe fundamental: o atendimento. De nada adianta as instalações prontas se no momento da inauguração tudo e todos estão inexperientes e completamente despreparados para atender o cliente.

Você sabe se um negócio vai sobreviver e crescer, ou mesmo morrer, pelo seu dia de inauguração. Nascer bem é determinante para sobreviver e vai aqui meu conselho bem na contramão da maioria das franquias que se preparam para abrir na véspera de alguma data festiva – inaugure com pelo menos um mês de antecedência de qualquer data festiva, nunca perto ou na véspera.

A inauguração de um negócio é aquela data que você planeja para tudo dar certo, mas sempre tudo dá errado!

Sempre que possível inaugure sua franquia em três diferentes etapas:

A pré-abertura

Por uma semana abra as portas (mantendo todas fechadas) apenas para seus amigos mais próximos e parentes de seus funcionários. Durante este período, cuide atentamente dos serviços de atendimento, dos equipamentos e seu funcionamento e das instalações do seu negócio (como fluxo e movimentação de atendimento e também da parte elétrica, hidráulica).

Aproveite este período para avaliar o preparo do negócio, o do seus funcionários e em especial o seu próprio preparo para inaugurar o negócio, lembrando que no dia da inauguração tudo deverá estar funcionando perfeitamente.

A segunda etapa é a abertura

Depois de ter corrigido todas as falhas observadas na primeira etapa, simplesmente abra a porta e atenda seus primeiros clientes por uma semana. Observe cuidadosamente como se movimentam e o preparo do negócio e de seu pessoal para atendê-los e, como seria num dia de grande movimento com forte pressão.

A terceira etapa, a inauguração

Agora sim, tudo foi testado e os pequenos erros acertados e orientados para o grande dia da inauguração, quando tudo deve funcionar perfeitamente.

Bolas, balões, foguetes e festa! Todo o estardalhaço para avisar ao mercado que você abriu e está pronta para atender. Como você passou pelas duas etapas iniciais, qualquer problema será administrado com tranquilidade por você e, em especial, por todos aqueles que trabalham com você.