Pequenas empresas sofrem mais com burocracia, diz Dilma

O comentário foi feito durante a cerimônia de posse do vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, que assume a Secretaria da Micro e Pequena Empresa

Brasília – A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 09, que a importância das micro e pequenas empresas evolui no País à medida que a economia se desenvolve.

O comentário foi feito durante a cerimônia de posse do vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, que assume a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, que terá status de ministério.

“Encaminhei ao Congresso Nacional a proposta de criação da micro e pequena empresa, e naquela época, me movia a convicção da importância das micro e pequenas empresas para um País como o Brasil. Acho que a importância das micro e pequenas empresas evolui, ela se torna cada vez maior quanto mais se desenvolve, cresce a sua complexidade econômica”, afirmou a presidente.

Na avaliação de Dilma, Afif é a “pessoa certa” no “lugar certo”.

“Temos certeza de que a pessoa certa está no lugar certo porque todas as qualidades do ministro Afif Domingos são aquelas indispensáveis para tratar dessa questão. Experiência, eficiência, visão estratégica, esse conjunto de qualidades vai permitir que ele exerça bem essa função”, disse Dilma.

A presidente destacou que o ministro será responsável por políticas focadas para as micro e pequenas empresas. “Todo mundo sofre com a burocracia, mas quem mais sofre são as micro e pequenas empresas”, disse Dilma, sustentando que as micro e pequenas empresas precisam de política de crédito e tributária.

“Tornamos o Super-Simples um instrumento de expansão ao unificar tributos e reduzi-los”, lembrou a presidente. Dilma garantiu que Afif contará com seu “apoio” e “interesse pessoal” na questão.