Aguarde...

Cases de sucesso | 26/05/2010 15:10

Yogoberry acertou ao apostar em um novo mercado no Brasil

A empresa, que surgiu em 2007 e vende apenas frozen yogurt, tem 36 lojas em oito estados

yogoberry frozen yogurt

A sobremesa, feita à base de leite, não contém gordura

São Paulo - Gelado, natural e azedinho. Foi nesta fórmula que as irmãs Un Ae Hong e Jong Ae Hong apostaram para criar um novo meio de ganhar a vida. Funcionária da Varig em Los Angeles, Un Ae ficou sem emprego quando a empresa fechou. Na volta para o Brasil resolveu trazer na bagagem o conceito do frozen yogurt e criar a Yogoberry. "Achamos que tem tudo a ver com o clima daqui", diz Un Ae Hong.

Febre nos Estados Unidos e na Europa, a sobremesa, feita à base de leite e sem nenhuma gordura, tem 80 calorias na porção de 100 gramas. Para Un Ae Hong, essa é a razão do sucesso da empresa. "Foi o conceito saúde que pegou o gosto do pessoal. O sorvete foi substituído por um produto mais saudável e saboroso", conta.

Depois de mais de um ano de pesquisas para avaliar o mercado e o público, a Yogoberry surgiu em Ipanema, no Rio de Janeiro, em 2007. Jong Ae Hong aproveitou a formação de nutricionista para adaptar a fórmula do iogurte congelado ao paladar brasileiro. Depois de apenas dois meses, as sócias se surpreenderam com a fila de consumidores na porta da loja. "A gente ficou com medo, com muitas dúvidas sobre o negócio, mas mesmo assim apostou e a partir do segundo mês já percebemos o retorno. Os clientes começaram a pedir pelo nome da marca: Yogoberry virou sinônimo de frozen yogurt", revela.

A empresa foi pioneira ao montar um negócio que vendia apenas o iogurte congelado e consolidou-se no Rio de Janeiro bastante rápido. Com investimento inicial de 500 mil reais,as duas lojas próprias, em Ipanema e no BarraShopping, tiveram um faturamento de dois milhões de reais, em 2009. "A gente acha que esse produto foi um pouco de sorte também. Eu perdi o emprego depois de quase 30 anos em uma empresa e isso caiu do céu", revela.

Foi uma questão de tempo para que os concorrentes, alguns com marcas e conceitos bastante semelhantes, começassem a surgir. Por isso, em 2008, as sócias resolveram franquear a marca. "Ficamos quase um ano crescendo sozinhas antes de abrir para franquias", explica Un Ae.

Em pouco mais de um ano, a Yogoberry cresceu em progressão geométrica. Hoje conta com 36 lojas, sendo duas próprias e 34 franquias, espalhadas por Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná e Recife. Em breve a marca deve chegar à Bahia e ao Ceará. "Nós continuamos recebendo muitos pedidos de franquia, até para fora do país, como na América latina e na Europa", conta Un Ae. O investimento inicial para ser um franqueado é de 350 mil reais e o retorno deve acontecer entre 18 e 24 meses. Estima-se que cada loja atenda mil clientes por dia e fature até 70 mil reais por mês.

Leia mais sobre cases de sucesso.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados