São Paulo – Especializada em lanches e doces para festas, a empresa gaúcha Totósinho planeja ganhar o mercado paulista e foca no serviço de entrega para se destacar. O nome curioso é uma referência aos sanduíches com salsicha que deram origem ao negócio.

Criada em 1993, a empresa foi comprada em 2007 por Maurício Sirotsky Neto. Aos 27 anos, o neto do fundador do Grupo RBS começa a esboçar um plano de expansão para o negócio. “A operação em São Paulo serve como projeto piloto para em um futuro próximo fazer um plano de franquias”, conta.

A chegada à capital paulista deve fazer a empresa crescer 30% neste ano. Segundo Sirotsky, a cidade deve ter, em breve, 40% do volume de entregas de Porto Alegre. “São Paulo tem um mercado gigantesco e só na área que a gente entrega tem uma população residente e que trabalha praticamente do tamanho de Porto Alegre”, diz o empreendedor.

O investimento para iniciar o negócio foi de 1 milhão de reais. “A gente segue investindo em equipamento, reforma da loja, de produção e em comunicação”, conta. Para este ano, o faturamento esperado é de 8 milhões de reais, sendo 25% vindos de São Paulo. “A gente tem uma expectativa bem conservadora, mas sabe que tem potencial para ser maior que Porto Alegre”, explica.

Até o momento, 41 bairros de São Paulo compõem a área de entrega da Totósinho, entre eles Brooklin, Itaim Bibi e Vila Olímpia. “A ideia é no final desse ano já começar a trabalhar em um segundo ponto para aumentar essa zona de entrega”, afirma.

Hoje, a empresa contabiliza a venda de 4 milhões de salgados, 1 milhão de docinhos e 15 mil bolos por ano. “Nosso foco é estar presente em todo tipo de confraternização, tanto na festinha de casa como na festa da empresa”, diz. Os pedidos podem ser feitos até uma hora antes da festa. 

Tópicos: Comida rápida, Franquias, Pequenas empresas