São Paulo – Ir a um restaurante que diz ser acessível e dar de cara com um lance de escadas no caminho para o banheiro. Essa cena frustrante faz parte da vida de muitas pessoas com deficiência, inclusive do empreendedor irlandês Matt McCann, que se locomove com uma cadeira de rodas.

Cansado desse tipo de situação (que pode ocorrer em restaurantes, hotéis, casas de shows, lojas, dentre outros), McCann decidiu criar a startup Access Earth, junto com o sócio Ryan O'Neill. A ideia do negócio é ser uma espécie de Google Maps voltado para este público e mapear lugares que são realmente acessíveis. Dessa forma, a startup quer facilitar a vida de quem tem dificuldades de locomoção e também pressionar os estabelecimentos a prestarem atenção a essa necessidade.

O Access Earth funciona como plataforma online e é alimentado pelos próprios usuários, que apontam locais que tenham banheiro acessível, elevador ou caminho livre de escadas. Com essas informações pessoas com mobilidade reduzida podem planejar uma viagem levando esses pontos em consideração. A expectativa é ter um aplicativo para celular em breve.

Apesar de ter uma cadeira de rodas em seu logotipo, a ideia do negócio não é servir apenas essas pessoas. “A acessibilidade afeta todos nós. Pode não ser você, mas talvez você tenha avós com problemas com degraus”, disse O'Neill para o site Mashable.

O projeto ainda foca principalmente em estabelecimentos na Irlanda. Porém, o mapa do Access Earth já indica locais acessíveis em países dos cinco continentes, inclusive no Brasil. A ideia é expandir o projeto aos poucos.

A startup tem chamado a atenção do universo empreendedor. Eles participaram da Imagine Cup, promovida pela Microsoft nos Estados Unidos, e da Enactus World Cup, na África do Sul. Agora, a empresa está buscando investimento de fundos do governo irlandês para startups iniciantes.

Tópicos: Pessoas com deficiência, Startups