Os principais desafios de quem empreende no varejo
Escrito por Renato Kuyumjian, especialista em empreendedorismo

O empresário que quer empreender no varejo deve estar sempre apto para superar uma série de desafios: da carga tributária à falta de mão de obra qualificada, passando pela concorrência e pelas rápidas e constantes mudanças nos hábitos do consumidor.

1 - Concorrência

Antes de empreender, é preciso fazer um amplo estudo do mercado em que o interessado pretende atuar. Saber quem é e o que faz a concorrência deve ser prioridade para o empreendedor. O conhecimento do produto a ser comercializado é essencial, assim como entender e satisfazer as necessidades dos clientes.

2 – Mudanças no mercado

A velocidade da informação proporcionada pela internet pode fazer com que um produto ou uma tendência dure bem menos do que o esperado. Além disso, um produto com lançamento modesto pode se transformar em um hit instantâneo. É preciso que o empresário se atualize constantemente, participe de eventos relacionados ao mercado que pretende atuar etc.

3 - Impostos

Os desafios financeiros também devem ser levados em consideração. A instabilidade econômica do Brasil e as constantes mudanças na legislação tributária são apontadas como as maiores dificuldades enfrentadas por quem atua no setor. O empreendedor deve estar sempre atento aos impostos que incidem sobre o seu negócio e produto, bem como para os encargos trabalhistas. Tudo deve ser colocado no papel e analisado com frequência.

4 - Crédito

Boa parte dos empreendedores no varejo utiliza capital próprio quando efetua a abertura do negócio. Mas quem não tem capital próprio depende das linhas de crédito, sejam oficiais ou privadas. E aqui surgem outras preocupações: os altos juros e a burocracia para se conseguir crédito.

5 - Mão de obra

Outro desafio enfrentado pelo empreendedor no varejo diz respeito à mão de obra. No Brasil o custo é alto e em contrapartida a oferta de mão de obra especializada e qualificada é baixa. O treinamento e qualificação de funcionários, muitas vezes, é dispendioso para o empresário, que ainda corre o risco de perder mão de obra qualificada para a concorrência. Geralmente, quem atua no comércio – como micro ou pequena empresa - inicialmente contrata e treina parentes mais próximos para trabalharem na loja.

6 - Inadimplência

A inadimplência dos clientes é outro ponto a ser levado em consideração, principalmente em tempos de instabilidade econômica. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Minas Gerais e o SPC Brasil mostra que os empreendedores do varejo estão driblando a inadimplência e fazendo grande parte das vendas com cartão de crédito.

Renato Kuyumjian é sócio-fundador da Quinta Valentina.

Tópicos: Concorrência, Dicas de Empreendedorismo , Dicas para seu negócio, Empreendedorismo, Pequenas empresas, Empreendedores, Mão de obra, Varejo, Setores, Comércio