Aguarde...

Empreendedorismo | 27/10/2011 06:00

Qual a idade certa para empreender?

Senso de oportunidade e cuidados com a gestão são os segredos de quem quer ter um negócio de sucesso em qualquer idade

Alexandru Vladoiu/Dreamstime.com

Executivo e ampulheta

São Paulo – Há quem diga que enquanto se cursa a universidade é o melhor momento da vida para abrir um negócio, já que a criatividade está no auge. Para outros, acumular experiência profissional é fundamental para manter a empresa nos trilhos. Mesmo assim, para os especialistas, não há idade certa para empreender .

Segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM 2010), os brasileiros com 25 a 34 anos são os mais empreendedoras, mas os jovens de 18 a 24 anos têm aumentado sua participação na abertura de empresas.

Eles arriscam mais, estão mais próximos da inovação e têm pouco a perder. Quem é mais velho, por outro lado, acumulou mais experiência, networking e capital. “Em toda faixa etária há distinções e casos de excelência. Tudo varia com o grau de desenvolvimento do perfil empreendedor do candidato a empresário”, opina Reinaldo Messias, especialista em empreendedorismo e consultor do Sebrae/SP.

Confira a seguir quatro histórias de quem resolveu abrir um negócio aos 20, 30, 40 e 50 anos e entenda as especificidades de cada momento.

Empreender aos 20 anos

Faculdade, amigos, balada. Estas costumam ser as preocupações de quem tem 20 e poucos anos. Para Israel Fernandes Salmen, de 23 anos, a maior preocupação era tirar sua startup do papel. “Empreender envolve muitas incertezas, principalmente quando se trata de uma startup”, conta Salmen, que comando o Meliuz, site que remunera com créditos o internauta que faz compras online.

Salmen diz que virou empreendedor por influência do pai e do avô. Aos 14 anos, faturava fazendo sites. Aos 20, durante a faculdade de Economia na UFMG, abriu sua primeira empresa, a Solo Investimentos, que captou recursos para iniciar o Meliuz. “A dimensão, agilidade e rápido crescimento do e-commerce no Brasil me levaram a empreender em um negócio online. O Meliuz foi resultado também de uma insatisfação pessoal com diversos programas de fidelidade”, conta.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados