A startup brasileira Easy Taxi anunciou nesta quarta-feira que recebeu 7 milhões de dólares de uma rodada de investimentos da Rocket Internet e da Holding iMena para expandir suas operações no Oriente Médio.

A empresa oferece um aplicativo gratuito para chamada de táxi, sem cobrar nada dos usuários. Já os taxistas devem pagar uma taxa de 2 reais por corrida.

A companhia já conta com cerca de 1,8 milhão usuários do app e possui uma base de 70 mil motoristas cadastrados em grandes centros urbanos de 17 países.

“O Oriente Médio e o Norte da África são regiões promissoras, visto o impacto que a ferramenta pode contribuir para a melhoria do trânsito e busca de táxi nas cidades. Além disso, vamos consolidar nossa marca e pontuar a empresa como a maior do segmento no mundo”, Tallis Gomes, CEO da Easy Taxi.

A Rocket Internet informa que esse é o maior investimento em uma empresa de aplicativos móveis na região e acredita que isso irá assegurar a posição de liderança da Easy Taxi em mercados emergentes.

A Easy Taxi concorre no Brasil com empresas que oferecem aplicativos como o 99Táxis, que faz exatamente a mesma tarefa, e o Meia Bandeirada, que oferece compartilhamento de táxis entre funcionários de companhias que vão para o mesmo destino.

Tópicos: 99Taxis, Easy Taxi, Investimentos de empresas, Oriente Médio, Startups, Tallis Gomes, Táxis, Transportes, Mobilidade urbana