Aguarde...

Startup | 17/08/2011 18:55

Como definir meu produto mínimo viável?

Entenda qual é a importância de desenvolver rápido um produto que entrega as funcionalidades mais importantes da sua plataforma

Jakub Krechowicz/SXC

Teclado de computador

Como definir meu produto mínimo viável?
Respondido por Yuri Gitahy, especialista em startup

São Paulo - A metodologia de Lean Startup trata a definição do produto mínimo viável (MVP, do Inglês Minimum Viable Product) como um dos marcos importantes no ciclo de vida de um empreendimento.

Se pudéssemos quebrar essas três letras em conceitos mais completos, eles seriam:

Minimum: o menor tamanho possível, que possa ser entregue no menor tempo possível.

Viable: uma proposição de valor importante o suficiente para que seu principal cliente adote esse produto, se possível gerando receita.

Product: funcionalidades encaixadas em uma entrega que se assemelhe a um produto coeso e útil.

Assim, quem considera que o MVP é somente uma entrega com as funcionalidades mais simples, o menor produto possível ou uma versão criada em poucos dias, somente entendeu o conceito de "mínimo". Integrar esse entendimento aos outros dois conceitos - "produto" e "viável" - exige um esforço consciente para encontrar o melhor ponto na balança: algo a que o cliente dá valor, usando o menor número de recursos no menor tempo possível, mas que se assemelhe a um produto (e não uma lista de funcionalidades disponíveis para uso).

Assim como o encaixe entre produto e solução, o MVP está diretamente ligado à proposição de valor da startup. Se o empreendedor ainda não foi capaz de formular hipóteses a serem testadas para definir bem o cliente e outros aspectos da proposição de valor, partir para o MVP é um erro. Antes disso, é mais válido trabalhar em várias versões de um business model canvas enquanto se conversa com potenciais clientes, para formular bem essa proposição e então prototipar um MVP teórico.

Não é fácil encontrar um MVP, ainda mais quando se tenta trabalhar um modelo de negócios inovador. Encontra-lo é normalmente fruto de várias iterações, tentativa e erro, medições, protótipos testados junto a muitos usuários e semanas de noites mal-dormidas. Mesmo assim, se você estiver em busca do MVP com a consciência correta, será bem fácil entender que o encontrou - no pior dos casos, você irá descobrir rapidamente que o erro está na sua proposição de valor, e irá muda-la em tempo hábil para novamente procurar o MVP que a implementa.

O que é uma startup?

 

Yuri Gitahy é investidor-anjo, conselheiro de empresas de tecnologia e fundador da Aceleradora, que apoia startups com gestão e capital semente

Envie suas dúvidas sobre startups para examecanalpme@abril.com.br.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados