O movimento “100 Open Startups” anunciou a relação das 100 startups brasileiras mais atraentes e interessantes para grandes empresas líderes em inovação. Elas foram selecionadas a partir de mais de 1.500 propostas de 23 estados que participaram do movimento de julho a dezembro de 2015.

O grupo das 100 startups foi definido como resultado de um processo de interação que visa despertar o interesse de pelo menos uma das 50 grandes empresas participantes do projeto como HP, IBM, 3M, Johnson&Johnson, Abbott, Grupo Fleury, Algar Telecom, Natura, Estácio e outras. É o maior número de grandes empresas já visto em movimentos voltados para startups em todo o mundo.

Cada uma das 100 startups escolhidas pelo movimento foi avaliada e recebeu feedback de mais de 20 avaliadores, entre executivos de grandes empresas, investidores e profissionais do mercado. Da lista, 95% das finalistas estão em estágio de prototipagem e prontos para realizar projetos pilotos, 60% em faturamento e cerca de 30% já captou investimento superior a R$300 mil.

Ao todo, 48 startups despertaram o interesse de pelo menos três grandes empresas do movimento. Uma das “tops” do ranking das “100 Open Startups”, com mais de dez grandes empresas interessadas, é a Virtual Care, startup de São Paulo que trabalha com sistema para monitoramento de alarmes e gerenciamento de ocorrências baseado na análise do comportamento de pessoas. Saúde, educação, recursos humanos e mobilidade estão entre as áreas de maior concentração das startups do movimento.

“A vibração dos empreendedores ajuda executivos a driblar o desânimo causado pela atual crise econômica, o que é um passo muito importante”, diz o investidor Bruno Rondani, mentor do movimento. Ela passou pela Europa e pelos Estados Unidos para desenhar a proposta da iniciativa, que teve a primeira edição no ano passado.

O que acontece agora?

A partir de agora, os empreendedores das “100 Open Startups” selecionadas seguem em contato com as grandes empresas até a 8ª edição do Open Innovation Week, em fevereiro, em São Paulo, quando acontece um networking pessoalmente.

“As 100 startups terão de trabalhar e refinar propostas de projetos pilotos com as grandes empresas. A ideia é que cada startup tenha pelo menos três manifestações de interesse pela sua proposta. Quem não conseguir poderá ceder a vaga a outras startups que ainda podem aderir ao movimento”, diz Bruno.

Para se ter uma ideia, as 100 startups eleitas no ano passado circularam nos corredores do Open Innovation Week com seus pôsteres e convidaram livremente os mais de 400 executivos de grandes empresas presentes a conhecer e discutir suas propostas. Algumas dessas startups obtiveram mais de 20 feedbacks e avaliações dos executivos. Juntos, a rede de investidores e de empresários ainda anunciou algumas iniciativas durante o evento, que não estavam previamente planejadas:

– 4 startups foram agraciadas com bootcamps no exterior

– 2 startups tiveram investimentos anunciados no evento totalizando R$ 3,8 milhões

– 4 startups se qualificaram para receber recursos de subvenção do Edital Sesi-Senai de Inovação no valor de R$ 1,2 milhão

– Fundos de investimento e grandes empresas anunciaram o interesse em continuar a relação com algumas startups selecionadas oferecendo mentoria e sessões técnicas

Neste ano, a ideia é aumentar o número de projetos submetidos e fazer anúncios ainda mais interessantes para as 100 startups finalistas.

Abaixo, a lista das 100 startups selecionadas

Nome da Startup Capital da Inovação
Nama São Paulo
VIRTUAL CARE São Paulo
Omnize Software Ltda São Paulo
Wearable Sun Block Belo Horizonte
JáTá Chegando Campinas
Solides Tecnologia S.A. Belo Horizonte
Meerkat Florianópolis
Netbee Belo Horizonte
Tippz Mobile Brasília
Droneng Campinas
FindMe  
Educacross Campinas
Dunning Florianópolis
Sou Genial São Paulo
Encontre um Nerd Curitiba
DSPGeo Campinas
Escola de Inventor Campinas
VisiLog São Paulo
POP Recarga Belo Horizonte
Woole São Paulo
BBroker Curitiba
ColOff Industrial São Paulo
Eduapps Curitiba
Step.Box Recife
Eventplatz Recife
Benergy Florianópolis
Treevia Forest Technologies São José dos Campos
Joy Street Recife
Beenoculus Curitiba
StoryMax São Paulo
NutriSoft Brazil São Paulo
Maxprotein Campinas
easySubsea Rio de Janeiro
Vineo São Paulo
Controly São Paulo
Standout São Paulo
Soluz Energia Florianópolis
Intcom Rio de Janeiro
Me Passa Aí Rio de Janeiro
Genoprimer Curitiba
LeadLovers Curitiba
Nearbee Campinas
Confirm8 São Paulo
Conteúdo sob Demanda Curitiba
Task Labs Belo Horizonte
Leva Eu Campinas
Previseme Suporte Inteligente Curitiba
Atestados.Med Recife
PrintGreen3D São Paulo
Youper Florianópolis
Estoks Curitiba
LogPyx Belo Horizonte
RankMyApp São Paulo
Fleeber São Paulo
Aliado São Paulo
RFIDBRASIL Rio de Janeiro
TracknMe São Paulo
Exotraje NSA1 Curitiba
DICOM Grid Brasil São Paulo
Bluelux Belo Horizonte
Edudream Recife
Blue Mind Curitiba
Intelectron São José dos Campos
Setupmyteam Recife
PROSUMIR Florianópolis
Broou São Paulo
Ti.Mob Belo Horizonte
Pluga Rio de Janeiro
ScreenS Rio de Janeiro
Go Touch São José dos Campos
Pay2Go São Paulo
CRIO Rio de Janeiro
Treinei São Paulo
Opifex Florianópolis
Moxchat.it Curitiba
Matere Educacional Campinas
Carona Phone Brasília
Quanto Custa Viajar Curitiba
Noiga Curitiba
Construct LATAM Belo Horizonte
Litma Florianópolis
Dr CUCO Florianópolis
VRMonkey São Paulo
Farmácia Agora Manaus
CropWatch Brasília
Instituto Gatti Florianópolis
ASAPP São Paulo
iPlantão Campinas
CellSeq Belo Horizonte
Out Class Florianópolis
ZapIn Tecnologia e Informação Brasília
Portal Workbook São Paulo
Agropixel Curitiba
Eco Bike Manaus
MEU Manaus
LIVRE São José dos Campos
Ubivis Curitiba
PickMeApp Belo Horizonte
SaleSIM Recife

Tópicos: Inovação, Rankings, Listas, Startups