Aguarde...

Perigo | 18/04/2012 06:00

8 frases que podem destruir a imagem da sua empresa

Expressões perigosas, gerais, de auto-valorização extrema ou mentirosas podem afastar cliente e dificultar novos consumidores

GettyImages

Homem_boca_tape

São Paulo - A diversidade de espaços que permitem e facilitam o contato com os clientes pode causar dúvidas nos empreendedores. Campanhas de marketing com panfletos, banners e comerciais estão cada vez mais sendo acrescidos de ações em mídias sociais e, acompanhadas de perto, ainda, pelos sites e blogs das empresas. 

A mídia que a empresa vai utilizar na comunicação mercadológica é uma decisão que deve ser tomada em função do tipo de ouvinte a que ela está se referindo. “As empresas cometem diferentes enganos e muitos deles porque não conhecem seus clientes”, destaca a coordenadora do curso de Relações Públicas da Anhembi Morumbi, Mazé Rosolino.

Porém, escolher a mídia errada não é o único problema de quem investe no contato com potenciais clientes. Segundo a professora, o pior tipo de expressão a ser usada por empreendedoresé o que ela chamou de “frases feitas”. “Quanto mais usar frases que só evidenciam você, mais distante  vai estar do interlocutor”.

Veja algumas frases que, segundo especialistas, podem destruir a imagem da sua empresa:

1. “Só aqui você encontra”

Como destaca Mazé Rosolino, a realidade atual não permite mais esse tipo de afirmação. “Em um mercado competitivo, uma empresa se dizer a única deixa a afirmação bastante vulnerável”. Segundo ela, isso já afasta os clientes, de antemão, em qualquer mídia, porque demonstram certa arrogância na comunicação.

2. “Oferecemos atendimento personalizado”

Rosolino acredita que a globalização e a troca de informações facilitada, que exige cada vez mais agilidade, obrigam o abandono cada vez maior desse tipo de frase. “A não ser que seja inteiramente verídica”. A professora cita o exemplo de um post na página da empresa no Facebook, em que um potencial cliente comenta, mas obtém resposta só horas depois. “Isso acaba com qualquer promessa de que o cliente está em primeiro lugar”.

3. “Nós temos a solução para você”

O professor de Estratégia e Inovação do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper) Mario Sergio Kojima não acredita na muito usada estratégia de tentar adivinhar o problema dos outros sem nem mesmo conhecê-los. “O cliente acaba se perguntando: como pode dizer se não me conhece?".

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados