O YouTube é o segundo maior buscador do mundo. Com mais de 58 milhões de vídeos assistidos por mês, é fácil imaginar que a rede está chamando a atenção de empresas, que querem ser cada vez mais vistas e lembradas na internet.

O curioso, entretanto, é que por conta da democratização ao acesso a ferramenta, não só as grandes empresas estão criando os seus canais de YouTube. Muitas startups estão aproveitando a efetividade da comunicação em vídeo para dialogar com seus consumidores.

Seguem algumas dicas para as startups que pensam em criar um canal no YouTube, mas não sabem que tipo de conteúdo produzir:

1. Quem é você?
Está difícil entender o que algumas startups fazem. Os negócios estão cada vez mais complicados de serem explicados. Foi por isso que surgiram os “explainer vídeos”, produções que comunicam de forma rápida o que a sua empresa faz.

Estes vídeos geralmente utilizam a linguagem de animação e quase sempre são postados na capa do site de startups.

2. Alô, suporte!
Já parou para analisar o tempo que você dedica dando explicações de suporte para os seus consumidores? Faça vídeos detalhados com as dúvidas mais frequentes relacionadas ao seu produto e poste no YouTube. Isso pode facilitar muito a sua vida e fazer com que sua equipe aproveite melhor o tempo de trabalho.

3. Faça MVP em vídeo
Quando você estiver pensando em colocar um novo produto no mercado, faça um vídeo beta do lançamento. No final, peça para as pessoas assinarem um newsletter ou dizerem se gostaram da sua ideia.

Assim, você vai saber rapidamente se o seu produto vai cair ou não nas graças do público. O Dropbox, por exemplo, iniciou assim. Tudo começou com um vídeo teste que chamou a atenção de mais de 70.000 early adopters em uma noite.

4. Branded content
Hoje você não precisa tanto da mídia para dialogar com o seu público. Aproveite isso e encare a sua empresa como produtora de conteúdo, tornando a sua startup referência no segmento em que atua.

Se você tem um e-commerce de moda, por exemplo, pode pensar em dar dicas de looks para usar com o seu produto. Já se o seu negócio está relacionado à alimentação, crie uma playlist de receitas exclusivas.

5. Cases
No início, testimoniais de clientes são importantes para certificar a sua startup. Escolha os melhores cases da sua empresa e grave alguns vídeos com depoimentos de clientes. As produções, mesmo que simples, trazem mais confiança ao consumidor na hora de escolher o seu produto.

*Artigo por Greta Paz, fundadora da MPQuatro

Tópicos: Dicas de Marketing Digital de PME, Dicas para seu negócio, Startups, YouTube, Google, Empresas de tecnologia, Empresas de internet