18 dicas para aprimorar o seu networking
Respondido por Flavia Lippi, especialista em business mentoring

Vivemos a era das redes, de tecer relacionamentos. Hoje, além de networking, fala-se muito no netweaving, que tende a trazer resultados mais positivos para empreendedores.

Netweaving (que significa “tecelões”) é aplicado quando uma pessoa colabora com alguém sem esperar nada em troca. Já no caso do networking, normalmente uma das partes se beneficia mais que a outra. Alguns princípios podem ser lembrados para tecer relacionamentos saudáveis:

1. Pessoas fazem negócios com pessoas que conhecem e tem afinidades.

2. Você conhece mais pessoas do que normalmente você acha que conhece, e isto tem um poder maior do que você imagina.

3. Não presuma que uma pessoa não irá ajudá-lo.

4. Trace o que você deseja antes de procurar uma pessoa.

5. Leve sempre algo em troca que possa ajudar a pessoa, não vá para seu contato para pedir sempre. Ofereça troca, retribuição.

6. Seja autêntico. Peça aconselhamento e não favores.

7. Tenha em seus contatos pessoas que seus amigos também possam precisar ou queiram conhecer.

8. Expressões não verbais representam muito mais do que palavras. Sua postura e contato direto com as pessoas passam mais credibilidade para a relação.

9. Seja específico e claro em seus desejos.

10. Mantenha uma agenda de encontros com seus contatos.

11. Todos buscam visibilidade e notoriedade. Determine um projeto em função da sua marca pessoal. Compartilhe este planejamento com seu mentor.

12. Às vezes, seu melhor contato está na sua família. Mesmo que não tenha afinidade, não hesite em compartilhar interesses. Demonstrar interesse claro não significa má conduta. Identifique líderes influenciadores.

13. Encante as pessoas com suas histórias reais. Story telling é a linguagem das pessoas de carisma no mundo. Tenha claro os seus pontos fortes e o que realmente faz para mudar o mundo a sua volta. Seja o protagonista e não conte aquela história de que "um amigo que viajou para os Estados Unidos me disse que…".

14. O esporte que você pratica bem é uma boa fonte de contatos. Os amigos do golfe, squash, tênis ou basquete sempre estarão falando de negócios após a prática.

15. Fazer parte de uma associação ou comunidade talvez seja o que existe de mais antigo em termos de networking. Procure aquela que tem afinidade e lembre-se de que pode fazer parte de uma comunidade em qualquer lugar do mundo.

16. De quantos eventos você participou no último mês? Quantos você acha que deve participar? Selecione eventos chaves. 

17. A manutenção da sua rede de contatos tem que ser diária. Não espere acontecer algo para poder ativá-la. As oportunidades acontecem todos os dias. Simplifique as informações que se encaixam com seus objetivos previamente traçados no seu planejamento.

18. Não se esqueça: foque em pessoas e não em negócios. 

Flávia Lippi é especialista em business mentoring e diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Humano Lippi (IDHL).

Tópicos: Dicas de Empreendedorismo , Dicas para seu negócio, Motivação, Gestão, Networking