Movimento HotSpot reconhece talentos da economia criativa

Iniciativa tem o Sebrae como parceiro e vai avaliar projetos em áreas como arquitetura, moda, música, fotografia e vídeo

São Paulo – Estão abertas as inscrições para participar do Movimento HotSpot, prêmio voltado a novos talentos atuantes na economia criativa brasileira. Trabalhos inseridos em 11 categorias de produção de arte já podem ser cadastrados no portal colaborativo lançado na quinta-feira (29), em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som. A data limite para apresentação de projetos é 15 de maio. O Sebrae é parceiro da iniciativa, junto com a Vale, a Riachuelo, o Ministério da Cultura, a Revista Elle e a Revista Superinteressante.

De acordo com Paulo Borges, presidente do Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod) e idealizador do movimento, o portal vai além da premiação porque exibirá as ideias, independentemente de serem selecionadas, e permanecerá na web mesmo após a realização do concurso. “Trata-se de um portal dinâmico e interativo”, assinalou.

As 11 áreas da criatividade abrangidas pelo Movimento Hot Spot são Arquitetura, Beleza, Cenografia, Design, Design Gráfico, Filme e Vídeo, Fotografia, Ilustração, Moda, Música e Ideia. A seleção dos projetos será feita em cinco etapas por uma equipe de curadores convidados. A primeira consiste na inscrição de dados e vídeos sobre o trabalho no portal. Na segunda fase, haverá entrevistas em 16 cidades com os selecionados pelo site.

Multicultural

Dez festivais multiculturais serão realizados pelo Brasil para apresentar as ideias escolhidas. Esse será o terceiro momento do prêmio. Na quarta etapa, os candidatos que se destacarem nessas exposições serão convidados a passar três semanas em imersão com os curadores no Rio de Janeiro e em São Paulo para desenvolverem as propostas. A quinta fase acontecerá com a premiação dos vencedores num grande festival cultural em março de 2013, na capital paulista.


O diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, destaca a importância das visitas às cidades e da realização dos festivais por funcionarem como catalisadores de talentos, ao evidenciarem artistas de todas as regiões do Brasil. “Para gerar bons frutos, entretanto, é necessário que a iniciativa venha acompanhada de orientação, capacitação e consultoria”, explicou o diretor, ao falar sobre a atuação do Sebrae no Movimento HotSpot. “É preciso difundir informações e aumentar o grau de profissionalização para transformar as ideias em produtos”, completou.

O Movimento HotSpot vai passar por 17 cidades, ao todo, para entrevistar escolhidos pelo site e realizar os festivais. São elas: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo e Vitória.

O melhor trabalho em cada categoria leva prêmio de R$ 10 mil. Na categoria Ideia (propostas inovadoras nas áreas de Empreendedorismo, Tecnologia, Sustentabilidade, Biomimetismo, Engenharia de Produção, Varejo e Branding ou Comunicação), haverá três vencedores. O primeiro receberá R$ 200 mil para investir na implementação do projeto. O primeiro lugar da categoria Moda terá R$ 150 mil disponíveis para produzir coleção e apresentar no Fashion Rio ou São Paulo Fashion Week.