Guru americano seleciona empresa brasileira para ajudar de graça

O guru do marketing Neil Patel lança um desafio para pequenas e médias empresas daqui com a promessa de aumentar sua receita. Mas ele pede algo em troca.

São Paulo – Considerado um dos melhores empreendedores de marketing digital do mundo – com empresas como Google, Amazon e GM entre seus clientes – o americano Neil Patel está interessado no Brasil.

O especialista lançou na última sexta-feira (25) um desafio para pequenas e médias empresas daqui e vai selecionar uma delas para ser ajudada de graça. A promessa de Patel é incrementar o faturamento da empresa com orientações sobre marketing digital.

A contrapartida? O empreendedor precisará dividir parte do lucro obtido com os seus funcionários.

No vídeo de divulgação do projeto, Patel explica que a internet está cheia de conteúdo sobre marketing digital e sobre como conseguir vender mais pela internet. No entanto, muitas vezes o empreendedor fica perdido em meio a tanta informação.

Por isso, o especialista irá oferecer uma consultoria que mostrará passo a passo a melhor estratégia para criar tráfego na sua página na internet e gerar mais receita com isso. A empresa brasileira selecionada no desafio terá a consultoria de graça.

Veja também

Participação nos lucros

Em troca, Patel exige que a empresa divida os ganhos obtidos com seus funcionários. O objetivo é mostrar para as micro e pequenas empresas que, ao dividirem os lucros e resultados com os funcionários, problemas crônicos empresariais, como alta rotatividade, desmotivação e queda em produção podem ser extintos.

“Em geral, as pequenas e médias empresas já não conseguem pagar aos seus colaboradores aquilo que eles merecem, por questões que envolvem os próprios custos da operação, margem de lucro menor em relação às grandes corporações, entre outros motivos. Com a crise, esse cenário tende a piorar. Por isso decidi lançar esse desafio, para incentivar empresários brasileiros a dividirem seus lucros com seu time, à medida em que vêem esse lucro crescer”, disse Patel em comunicado. Ele está com seu escritório ativo no Brasil há dois anos.

A ideia do desafio surgiu depois que o especialista prestou consultoria para algumas companhias brasileiras. Pesquisas internas feitas nessas empresas mostraram que os pequenos e médios negócios não gratificam seus funcionários da forma correta, em comparação com multinacionais e empresas de grande porte.

Para entrar no desafio, a empresa precisa ser brasileira e devidamente registrada no país. O cadastro pode ser realizado pelo site. As inscrições vão até o dia 24 de setembro.

*Texto alterado às 20h30.