Grupo Cherto e Lego lançam rede de franquias para educadores

Objetivo da parceria é implementar um projeto de formação de futuros empreendedores da Lego

O Grupo Cherto e a Lego Education lançaram nesta quarta-feira a Franquia Líder. A rede foi criada a partir da transformação de um projeto de educação da fabricante de brinquedos, o Lego Líder, em negócio. O principal objetivo da parceria é oferecer ao público alvo da rede como franqueado, os educadores, a oportunidade de se tornarem empreendedores sem deixar de lado sua área de atuação.

O projeto que deu origem à Franquia Líder consiste em oferecer uma série de atividades extracurriculares para crianças entre 10 e 15 anos. O material didático é desenvolvido e fornecido pela franqueadora – e inclui peças baseadas nos famosos tijolinhos coloridos da Lego, que são usadas para, através de aulas de robótica e tecnologia, ensinar liderança empreendedora. “A intenção é ajudar a formar futuros empreendedores, desenvolvendo características essenciais para o mundo dos negócios, como trabalhar em grupo, ser um bom líder e solucionar desafios”, explica Álvaro Cruz, CEO da Lego Education no Brasil.

Para se tornar um franqueado, não é necessário ter ou montar uma estrutura física – as atividades com os alunos podem ser realizadas em escolas, condomínios, centros comunitários ou outras instituições onde houver grande concentração de estudantes. O investimento inicial é de aproximadamente 18 000 reais, com expectativa de retorno em 15 meses. Pelas aulas, os alunos pagam mensalidades entre 80 e 120 reais.

Para Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, a loja de franquias do Grupo Cherto, a Franquia Líder tem um bom potencial de crescimento. “Além de estar em um mercado em expansão, o de educação, o projeto conta com custos fixos baixos e a vantagem do franqueado já conhecer bem seus potenciais clientes”, diz Filomena. “Isso ajuda a ter uma perspectiva de faturamento a um prazo menor do que no caso de uma franquia regular”.

Até agora, foram fechados acordos com cinco franqueados, quatro deles no interior de São Paulo e um em Santa Catarina. A meta é expandir a rede para 95 franquias até o final deste ano. Para 2010, a expectativa é chegar a 300 franqueados.