FundersClub aproxima startups e investidores

A empresa pode transformar praticamente qualquer um em investidor-anjo

São Paulo – Há mais de um ano, o financiamento coletivo, ou crowdfunding, virou moda entre os empreendedores. Surgiram e continuam surgindo dezenas de sites que levantam capital para eventos, shows e até atletas. Em meio a este mercado, a startup americana FundersClub criou um site para que quase todo mundo se transforme em um investidor-anjo e possa colocar dinheiro em startups.

A principal diferença entre o FundersClub e os sites de financiamento coletivo é que o investidor também fatura. Em sites como o Kickstarter, quem colabora, na verdade, é tido como um doador e não tem retorno financeiro do projeto. Desde a escolha das empresas até a troca de documentos devem ser feitas online. O investidor ganharia quando a empresa fosse vendida ou abrisse capital na bolsa, mas ainda não há garantias de que quem investir vai mesmo ter retorno.

Segundo o site especializado em tecnologia e startups TechCrunch, a empresa vai mudar a forma como essas companhias recebem capital nos Estados Unidos. O site permite que os investidores coloquem entre 1 mil e 5 mil dólares em startups. Neste primeiro momento, só pessoas com renda anual acima de 200 mil dólares ou patrimônio líquido pessoal de 1 milhão de dólares podem fazer os investimentos.

Apoiada pelos fundos Y Combinator, First Round Capital e Start Fund, a empresa pretende, no entanto, mudar esta condição e permitir, no futuro, que literalmente qualquer um com dinheiro possa investir em startups, aumentando e muito as possibilidades de investimento. O  site ainda não está gerando receita, mas a ideia é faturar com a liquidez dos investidores.