Evento reúne Wizard e outros empreendedores. Acompanhe hoje

O que um piripaque, um cheque e o Bill Gates têm em comum? Todos eles foram pontos de “virada” na vida de alguns empreendedores brasileiros.

Você já deve ter vivido algo assim. Um momento de coragem, em que você desafiou a razão para fazer o que realmente acreditava. Quem via de fora poderia até te chamar de louco. Provavelmente, surgiu quando você menos esperava: um acontecimento que te obrigou a se reinventar, aquela oportunidade que não ia aparecer duas vezes ou uma conversa que te inspirou a fazer o que parecia impossível: estava aí o seu Day1.

Parece loucura, mas o Day1 2016 chegou para contar histórias como essa, de empreendedores que carregam a loucura como motivo de orgulho e fonte de inspiração.

Pessoas como Gustavo Ziller, criador do 7Cumes e Aorta, que já esteve frente a frente com a morte e decidiu se reinventar para escalar as montanhas mais altas do mundo; Cristina Boner, fundadora da Globalweb Corp, que desafiou a razão só para conseguir um espaço na agenda do fundador da Microsoft; e Salim Mattar, fundador da Localiza, que, ao entregar um cheque como office-boy, teve a ideia de criar uma empresa que mais tarde se tornaria a maior frota de carros do país.

Empreender tem muito disso: olhar o que ninguém vê e acreditar nisso com todas as suas forças. E é isso que você vai encontrar nas histórias de empreendedores como Nizan Guanaes, fundador do Grupo ABC, um dos maiores grupos de comunicação do mundo; Carlos Wizard, fundador da Wizard e da Sforza Holding; e Renato Saraiva, fundador do CERS, maior portal de cursos preparatórios online para a OAB.

Dia 1º de agosto, às 18h30, esses seis grandes exemplos compartilham suas trajetórias de lucidez e loucura no principal evento de inspiração para empreendedores do país.

Já são esperadas mais de 40 mil pessoas para assistirem à transmissão online, em casa e reunidas em mais de 800 empresas e espaços de coworking. O Day1 é uma correalização Endeavor e SEBRAE. Inscreva-se para assistir online.

Texto publicado em Endeavor.