Conheça as startups brasileiras que mais inovam na América Latina

Ranking da Fast Company elenca startups que sabem muito bem como fazer a diferença no mundo ao comercializaram seus produtos e serviços.

São Paulo – Três startups brasileiras estão entre os negócios mais inovadores em toda a América Latina: entre milhares de empreendimentos, elas sabem muito bem como usar a comercialização de seus produtos e serviços para fazer a diferença no mundo.

É o que diz o site Fast Company, que publicou seu ranking anual das empresas mais inovadoras do mundo. Esta é a décima edição da premiação, que é mais conhecida por seu ranking de 50 grandes empresas que trazem disrupção aos seus setores (e no mercado como um todo).

Fazendo um recorte apenas pelos negócios selecionados por seu impacto na América Latina, porém, percebemos que as maiores inovações estão em pequenas empresas. Tanto que muitas grandes empresas da região procuram justamente as startups na hora de tentar se destacar frente à concorrência.

Veja o ranking completo de empresas mais inovadoras na América Latina:

Posição Startup País de origem Justificativa
1 Start-Up Chile Chile Selecionada por criar (e reter) novos negócios no Chile
2 JetBlue* Estados Unidos Selecionada por ajudar a impulsionar o turismo em Cuba
3 Descomplica Brasil Selecionada por levar educação online para as massas
4 BankFácil Brasil Selecionada por baixar as taxas de juros brasileiras
5 Satellogic Argentina Selecionada por nanosatélites para fazer um check-up na Terra
6 The Center for Molecular Immunology Cuba Selecionada por desenvolver um tratamento de câncer de pulmão exportável até para os Estados Unidos
7 Mercado Libre Argentina Selecionada por construir um império de e-commerce
8 The Community Argentina Selecionada por dar apelo massificado às propagandas multiculturais
9 Contabilizei Brasil Selecionada por decifrar as leis de impostos para freelancers
10 GeniusFoods México Selecionada por transformar mangas em suplementos alimentares

*A JetBlue é a única startup criada fora da América Latina que consta no ranking, por atender exclusivamente as viagens entre os Estados Unidos e tal região.

Confira, agora, mais detalhes sobre as três startups brasileiras que se destacam entre as mais inovadoras na América Latina:

Descomplica

Marco Fishben trabalhou como professor de física por 15 anos, e percebeu como não tinha tempo para tirar as dúvidas de todos os alunos que o procuravam. Por isso, em 2010, começou a gravar algumas aulas de física.

Com a boa audiência recebida, o empreendedor resolveu expandir a ideia e criou, em 2011, o site Descomplica, que reúne videoaulas de diversas matérias do ensino médio.

Segundo reportagem já publicada em EXAME, a estratégia adotada por Fisbhen para se diferenciar em um mercado com tantos concorrentes foi se especializar no Enem, investir em aulas diárias ao vivo e também em um acervo gigante. Hoje, o site é o maior de sua categoria e possui cerca de 15 mil vídeos.

Há diversos planos na plataforma: o “Plano Enem” (12 parcelas de 19,90 reais); o “Plano Enem Power” (12 parcelas de 29,90 reais); o “Plano Medicina” (12 parcelas de 29,90 reais); e o “Plano Medicina Power” (12 parcelas de 39,90 reais). Com o objetivo de atrair novos clientes, o Descomplica oferece aulas gratuitas por sete dias.

BankFácil

É conhecido que, no Brasil, pagamos um dos juros mais altos do mundo. Ao ficar com o saldo negativo e cair no cheque especial, os correntistas podem pagar juros que variam entre 11,76% e 15,21% ao mês nos maiores bancos do país, segundo dados do Banco Central.

O valor dos juros pressiona muito o orçamento de famílias e empresas: basta pensar em produtos como cartões de crédito, cheques especiais e empréstimos pessoais.

Sergio Furio analisou essa situação para criar a BankFácil em 2012: uma startup que aposta na oferta digital de crédito com garantia para entregar taxas de juros mais baixas.

“Não tem como não pensar que as fintechs brasileiras serão as melhores do mundo: a capacidade de disrupção é muito grande”, analisou Furio no evento FINTECHclass.

Apenas no ano passado, o negócio obteve 14 milhões de reais em um investimento liderado pela Kaszek Ventures. Recentemente, a BankFácil mudou seu nome para Creditas.

Contabilizei

A Contabilizei é uma plataforma de contabilidade para micro e pequenas empresas, administrada de forma completamente online e com simplicidade, por meio da computação em nuvem. O negócio criado por Fabio Bacarin e Vitor Torres está na lista elaborada por EXAME.com de startups brasileiras que fizeram a diferença em 2016.

Os clientes veem balanços e relatórios em tempo real, além de contar com suporte de contadores e especialistas. É possível gerar alertas de vencimentos de obrigações financeiras, guias de impostos online e notas fiscais eletrônicas. Como tudo é digital, os planos são mais acessíveis do que de costume.

Com isso, a Contabilizei consegue atender até 60 vezes mais PMEs que uma firma comum e gerar uma economia de até 90% em serviços contábeis, segundo a Endeavor.

A Contabilizei já havia atraído grandes investidores no passado – como o fundo KaszeK Ventures. Este ano, recebeu um novo aporte, liderado pelo e.Bricks Ventures. Outros participantes do investimento foram novamente a KaszeK e o fundo internacional Endeavor Catalyst.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s