Como liderar uma equipe cujo antigo chefe era do tipo ‘ditador’?

O leitor pergunta: o que fazer quando a sua equipe está 'traumatizada' pelo antigo chefe?

Dúvida do leitor: Estou em uma empresa na qual recentemente trabalhava um gerente do tipo “ditador”, deixando um trauma em toda a equipe. Como conquistar a confiança desse pessoal, com uma forma de gestão que passe confiança e mostre que pretendo agir de maneira diferente?

O estilo de liderança de um gerente deve ser determinado pelo cenário que ele enfrenta. Quando um gerente se utiliza do estilo inapropriado para o momento, causa estresse na equipe e, em alguns casos, trauma. Entretanto, é importante observar que uma coisa é o estilo de liderança, outra é o gerente ter um problema psicológico ou ser de má índole.

Assegurado que o antigo gestor era de boa índole e saudável, o melhor a fazer é destacar para a equipe que nem sempre podemos escolher quem vai nos liderar, e por vezes uma equipe terá um gestor que não é o mais adequado. O que não significa que não há aprendizados nisso. Afinal, ter resiliência, por exemplo, é um fator importante no desenvolvimento do liderado.

Portanto, a primeira coisa a fazer é encerrar o passado na cabeça dos liderados. Isto é, deixar claro que você é diferente e lamenta que a experiência anterior deles tenha lhes sido tão desfavorável. Procure deixar bem claro qual é o seu jeito preferido de gerir. Em uma situação como essa, pense em utilizar dois estilos básicos: ser mobilizador e ser um líder coach.

A importância de você ser mobilizador em um momento assim é que esse estilo de liderança passa a seguinte mensagem: “venham comigo”. Ele é ideal para mostrar uma nova visão, que nesse caso se trata de uma nova liderança, que tem de se impor em uma equipe desesperançada. Procure mostrar o que espera do grupo de maneira positiva e por que os liderados são importantes para que o futuro da empresa se realize.

Já o estilo líder coach é fundamental para você trabalhar o desenvolvimento de todos. A mensagem principal é: experimentem fazer deste modo. Procure novos meios de motivá-los, faça o trabalho mais ativo e insira momentos de diversão.

O mais importante é fazer de forma diferente do antecessor e, simultaneamente, mostrar-lhes que um estilo mais focado no desenvolvimento deles pode produzir resultados melhores e em clima organizacional positivo, o que é a receita para efeitos duradouros. Convide-os a fazer parte desse novo cenário com o compromisso de deixar a experiência passada para trás e olhar para o futuro.

É importante identificar quem são os extrovertidos e os introvertidos no grupo. Para os primeiros, uma conversa em grupo com esses temas será suficiente para produzir resultados. Já para os segundos, procure ter uma conversa individual, pois o introvertido costuma sofrer mais nessas situações e guardar para si os impactos dessa experiência negativa.

Portanto, atenção àqueles que não expressam o sofrimento, pois pode apenas significar que não gostam de se expor em público.

Curadas as feridas, acima de tudo mostre a todos que espera que possam transformar a experiência passada em aprendizado.

Peça a eles para não desistirem e não pautarem suas decisões pelo que passou, mas pelo que virá. E dê o melhor de seu esforço para um futuro que seja realmente novo, motivador e brilhante.

Boa sorte e vamos em frente!

Sílvio Celestino é sócio fundador da Alliance Coaching.

Envie suas dúvidas sobre gestão de pessoas para pme-exame@abril.com.br.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s