Como esta franquia tem sucesso fazendo suas unhas sem alicate

A Cuticularia Beryllos inovou ao usar uma broca de dentista para retirar o excesso de cutícula de clientes, sem cortes

São Paulo – Vaidosa desde a adolescência, Luzia Costa tinha medo de tirar a cutícula, mas usava alicate a contragosto para fazer suas unhas e as da vizinhança. Era o jeito que tinha de ganhar uns trocados em Passa Quatro, no interior de Minas Gerais.

Agora corta para a cena dois: vinte anos depois, na sala da dentista para a filha tirar cárie, Luzia conheceu uma pequena broca, que limpa os cantinhos do dente sem machucar. Parecia a solução perfeita para quem queria abrir uma esmalteria inovadora, que embelezasse as mãos, sem o risco de expor as clientes à hepatite e a outras doenças.

A esmalteria virou a Cuticularia Beryllos, uma rede de franquias que faz as unhas sem alicate. Uma broca adaptada retira o excesso de cutícula das clientes, sem cortes.

O salão também desenvolveu miniaturas de esmaltes individuais, descartáveis, que a cliente leva, se sobrar. Os outros instrumentos também são usados apenas uma vez. O atendimento custa 25 reais.

Aberto em julho do ano passado, o salão tem sede em Taubaté, no estado de São Paulo, e duas franquias na capital paulista. Luzia treina os funcionários para aprender a fazer as unhas do seu jeito.

Ela conta que, no início, manicures e clientes estranham o novo método, mas logo se adaptam. “Não existe o risco de machucar a cliente e de quebrar essa relação de confiança”, explica.

Luzia quer chegar a 30 unidades até o fim do ano. A marca exige investimento inicial a partir de 152 mil reais e estima faturamento médio de 35 mil reais por mês, por franquia.

O negócio só está dando certo porque Luzia passou meses testando a técnica da broca em suas próprias mãos. Além disso, a empreendedora já tem uma longa trajetória no setor de beleza.

História empreendedora

Desde a época em que fazia bicos como manicure e depiladora em Passa Quatro, muita coisa aconteceu. Aos 18 anos, Luzia se mudou com o marido, soldado do exército, para Taubaté, onde vive até hoje. Lá, vendeu biscoitos, lanche na rodoviária e até pizza, até que o negócio quebrou.

“Eu não tinha controle sobre o dinheiro e misturava o que era da pizzaria com o que era meu. Quebrei de maneira devastadora, a ponto de morar na beira do rio em uma casinha de barro e madeira”, conta.

Até que se matriculou em um curso de massagem gratuito, começou a trabalhar como massagista e pegou gosto pela área de bem-estar e estética. Luzia se especializou em depilação com linha e micropigmentação de sobrancelhas, técnicas raras na época, a ponto de ser procurada para dar cursos.

“Chegou um momento que eu pensei: se tem tanta gente ganhando dinheiro com os meus ensinamentos, por que eu não abro o meu negócio também?”.

Em 2013, Luzia abriu a Sóbrancelhas, rede de franquias especializada em serviços de design de sobrancelha, alongamento de cílios e depilação com linha. Em pouco mais de três anos, a empresa abriu 182 unidades franquadas, incluindo uma na Argentina, e faturou 50 milhões de reais em 2016.

As clientes da Sóbrancelhas pediam que o salão tivesse manicure. Por isso, Luzia criou a Beryllos, no ano passado. A empreendedora apostou que era melhor manter a essência de cada marca e criar uma franquia separada, que só fizesse unhas. “Diziam que eu era louca, mas fui em frente”, conta.

A franquia da Sóbrancelhas exige investimento inicial a partir de 110 mil reais, com prazo de retorno em 18 meses.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Nada de novidade, as podólogas já fazem isso.