Bougue reestrutura site depois de investimento

O site de busca de prestadores de serviço estreia hoje uma nova versão

São Paulo – No ar desde agosto, o site bougue reúne prestadores de serviços e consumidores. A ideia é fazer toda a contratação de um serviço, de oficina mecânica a pintores, online. Agora, a startup anunciou uma nova versão do site, mais completo e com novas funções. A estreia acontece pouco depois de um investimento recebido pela empresa.

“A gente estava conversando com dois fundos e uma pessoa física e fechamos com o investidor-anjo. Vendemos 10% de participação na empresa”, explica Fernando Canuto, sócio fundador da empresa.

Segundo ele, este investimento ajudou muito na reestruturação do site. “Investimos na contratação de terceiros para desenvolver mais rápido”, afirma. O valor do investimento não foi divulgado.

A nova versão do site traz algumas mudanças, como a opção de encontrar ofertas prontas de prestadores de serviços. “A pessoa pode enxergar ofertas prontas no site ou pedir propostas para vários prestadores de serviços para comparar”, diz. Os públicos que buscam serviços relacionados a construção e casamento são os principais focos da startup hoje.

Além disso, os prestadores de serviço terão a reputação avaliada pelos consumidores. “Depois de uma série de pesquisas sobre como contratar um serviço, vimos que o mais importante é confiabilidade e prazo”, conta.

Inspirado no modelo do site de reservas de hotel booking.com, o bougue terá uma avaliação baseada em pontos negativos e positivos do prestador. “Trouxemos um pouco do que o booking.com faz. É uma avaliação muito mais prática”, afirma. Hoje, o site tem 5 mil clientes cadastrados, 1,8 mil prestadores de serviço e gera mais de 10 mil orçamentos por mês.

*Atualizado em 19/04/2012, às 14h20