São Paulo – Elegante, charmoso, aconchegante ou moderno. O ambiente da sua lanchonete pode ter a melhor decoração do mundo, mas sem uma cozinha funcional e garçons bem preparados isso não vale de nada. Os clientes voltam pelo prato que chega corretamente, na temperatura ideal e bem preparado.

Para ajudar na missão de ter uma lanchonete bem montada, Mario Eduardo Gorski, sócio da Lanchonete da Cidade, que pertence à Companhia Tradicional do Comércio, dá dicas preciosas para a reforma do ponto comercial. “É muito comum o arquiteto conhecer a parte decorativa. Essas questões de retaguarda são para um profissional especializado”, diz Gorski.

O mais importante na cozinha é ter fluxos de trabalho organizados. Pratos frios e frituras, por exemplos, não devem ficar muito próximos. Se você planeja construir um balcão, pense na altura das cadeiras e na posição que o cliente ocupa quando come neste local. Outro fator essencial é como o lanche sai da cozinha. “A saída da cozinha tem que ser bem próxima das mesas”, explica.

Na hora de dispor as mesas no salão, deixe corredores para que os garçons possam chegar às suas praças com mais facilidade e sem atrapalhar ninguém. Clique as fotos e veja outras dicas para reformar sua lanchonete.

Tópicos: Lanchonetes, Pequenas empresas, Ponto comercial, Restaurantes e lanchonetes, Serviços