5 passos para sua startup receber um investimento

Especialista explica que empreendedores e investidores precisam se conhecer muito bem para que a startup seja um sucesso

Quais são as etapas para receber um investimento?

Respondido por Cassio Spina, especialista em startups

O processo de obtenção de investimento para uma startup é similar ao de um casamento, pois o investidor passará a ser um sócio na companhia e a sociedade se parece com um matrimônio. Por isso, deve-se seguir as etapas necessárias para que ambos se conheçam e tenham um entendimento mútuo, pois é fundamental para o sucesso da relação.

1. Pitch

O primeiro passo é quando o empreendedor apresenta seu negócio para vários investidores. Nesta etapa, é fundamental que o empreendedor apresente sua empresa de forma sucinta e objetiva, através do pitch, para que atraia a atenção.

2. Reuniões

A partir do momento que se tem investidores interessados, passa-se para o segundo passo para receber um investimento. Nesta etapa, são efetivadas reuniões entre o empreendedor e os interessados em investir no negócio, em que são apresentados os detalhes da empresa, da sua estratégia, em que serão aplicados os recursos do investimento e quais os resultados esperados.

3. Termo de compromisso

Mantendo-se o interesse dos investidores, chega a hora do primeiro compromisso, em que são negociados os principais termos e condições do negócio, como capital que será investido, participação do investidor e as principais regras de relacionamento entre ambos. Todos estes termos são escritos em um documento chamado Term Sheet ou MOU (Memorandum of Understandments), um termo de compromisso em que, não havendo nenhum obstáculo nas próximas etapas, será efetivado o investimento.

4. Due diligence

Assinado este primeiro compromisso, inicia-se a fase de due diligence, em que será contratada uma auditoria para avaliar o negócio, nos aspectos legais, financeiros, contábeis e fiscais. Além disso, uma consultoria adicional pode ser necessária para uma avaliação mais detalhada do mercado ou do produto ou serviço. Paralelamente, também são contratados os escritórios de advocacia que irão redigir os contratos finais de investimento.

5. Assinatura

Não sendo detectada nenhuma contingência potencial durante a due diligence que impeça a efetivação do negócio e havendo acordo sobre a redação final dos contratos, o investimento é efetivado conforme combinado. Entretanto, é importante lembrar que este “casamento” tem divórcio previsto, com a saída do investidor. Espera-se que este seja um final feliz para ambos.

Cassio A. Spina foi empreendedor por 25 anos, é investidor-anjo e fundador da Anjos do Brasil.

Envie suas dúvidas com a palavra startups no assunto da mensagem para examecanalpme@abril.com.br