3 erros dos empreendedores ao investir em marketing digital

A palavra-chave em marketing digital para pequenas empresas é resultado

3 erros dos empreendedores ao investir em marketing digital

Respondido por Eric Santos, especialista em marketing digital

É normal e bastante saudável para um empreendedor usar exemplos de outras empresas para inspirar ações dentro de casa, seja em modelos de negócio, gestão de equipes, entre outros aspectos. No entanto, no marketing digital, às vezes essa comparação acaba sendo nociva. Isso acontece porque os cases que temos nessa área – e que a maioria consegue ter acesso – são de grandes empresas, especialmente marcas B2C, como Coca-Cola, Unilever.

Desnecessário dizer que a realidade das PMEs é bastante diferente em termos de recursos, orçamento, tempo, etc. Além disso, a definição de sucesso para essas empresas é muito diferente. As grandes empresas podem se dar o luxo de buscar “buzz”, “métricas da vaidade” ou até mesmo prêmios de propaganda, enquanto os empreendedores têm que buscar resultados concretos de negócio.

O principal erro que vejo as pequenas empresas cometerem é justamente ir atrás e tentar replicar as estratégias das grandes corporações. Alguns exemplos disso são querer lançar um vídeo viral, distribuir nas mídias mensagens de “bom dia” e outros conteúdos sem foco em seu público, querer estar em vários canais sem ter braço para isso, focar em métricas bonitas e fáceis de medir, mas sem relação com o negócio ou ROI. Veja abaixo três sugestões de foco para as pequenas empresas:

1. Foco na construção de autoridade

Não basta estar na Internet apenas para dizer que seu negócio tem um site e está nas redes sociais. Nada de bichinhos bonitinhos que geram mil curtidas e nenhum resultado efetivo. É preciso saber usar esses canais para se tornar uma autoridade no seu mercado. Assim, quando o consumidor estiver buscando seu produto ou serviço na web, ele irá encontrar com facilidade a sua empresa e tê-la como uma referência na área.

Gaste esforços para mapear quem é seu público-alvo e gerar conteúdo relevante para ele. Mantenha um blog com postagens periódicas, use e-mail marketing e redes sociais para se relacionar com as pessoas e para compartilhar conteúdos que agreguem conhecimento e sejam relacionados ao seu negócio. Afinal, o objetivo é dominar o setor e ser uma autoridade no tema.

2. Foco nos canais em que seu público está

Não adianta ter conta no Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Google+ só porque a Coca Cola e a Nike têm. O primeiro passo após saber quem são as personas do seu negócio é descobrir onde elas estão.

Já conversou com seus clientes e potenciais clientes? Qual é o comportamento online deles? Sabe as principais redes onde eles estão presentes? Como consomem informações? Gaste esforços para saber onde seu público-alvo está. Pode parecer trabalhoso, mas vale a pena. Isso evita que você fique falando sozinho ou com quem não é o alvo do seu negócio.

3. Foco em gerar resultados: leads e vendas

Toda ação tem que ter um retorno que justifique seu investimento. Para isso, é preciso definir alguns passos básicos (há outros além destes): estratégias de produção de conteúdo (blog, ofertas de conteúdos educativos e outros materiais gratuitos), além da criação de páginas de conversão para gerar leads. A palavra-chave em marketing digital para PMEs é resultado. 

Eric Santos é especialista em marketing digital e CEO da Resultados Digitais.