Yahoo venderá 3.000 patentes, incluindo sistema de busca

O portfólio da companhia inclui mais de 6.000 patentes de tecnologias em dados, mobile e de publicidade

São Paulo – O Yahoo colocou mais de 3.000 patentes à venda de seu portfólio e espera arrecadar cerca de US$ 1 bilhão, de acordo com o Wall Street Journal.

O pacote inclui até seu mecanismo de pesquisa, afirmou o veículo. As ofertas devem ser recebidas até o meio de junho e a negociação será feita pelo banco de investimentos Black Stone IP, especializado no setor.

O portfólio da companhia inclui mais de 6.000 patentes de tecnologias em dados, mobile e de publicidade. Recentemente, ela transferiu 2.659 propriedades intelectuais para a subsidiária Excalibur IP LLC.

A venda “representa uma oportunidade única para companhias que operam na indústria da internet de adquirir algumas das patentes mais pioneiras e fundamentais relacionadas a pesquisa e publicidade na internet”, disse uma porta-voz do Yahoo ao WSJ, que não se identificou.

Alphabet, companhia mãe do Google, e a Microsoft estão entre os interessados nas patentes, segundo o Envision IP, escritório de advocacia especializado em patentes.

A empresa enfrenta queda nas receitas, prejuízos bilionários e acaloradas discussões com seus acionistas há meses.

Além das patentes, que podem valer até US$ 4 bilhões segundo o New York Post, o Yahoo está buscando compradores para seu negócio principal, que concentra sites, email, pesquisa, Tumbrl, Flickr, produção de conteúdo e de notícias e, principalmente, sua divisão de anúncios na internet.

Uma das maiores interessadas pelo negócio de internet do Yahoo é a empresa de telecomunicações Verizon Communications, tendo feito uma proposta de US$ 3 bilhões.