Vivendi apela contra exigência de regulador por redução de fatias

Segundo fontes, a Vivendi apelou contra a decisão do regulador italiano Agcom de exigir a redução de ações na Telecom Italia ou na Mediaset

Milão – A Vivendi apelou contra a decisão de um regulador italiano que exige que o grupo de mídia francês reduza suas ações na Telecom Italia ou na Mediaset, disse uma fonte próxima ao assunto nesta segunda-feira.

O regulador italiano de comunicações Agcom disse em abril que as participações da Vivendi violam regras de prevenção de concentração de poder nas telecomunicações e no setor de mídia do país. O órgão pediu que a Vivendi apresente um “plano de ação específico” num prazo de 60 dias, que acaba esta semana.

A Vivendi é a maior acionista individual na Telecom Italia, com 24 por cento, e recentemente adquiriu 28,8 por cento da Mediaset, maior emissora privada da Itália.

Fontes disseram à Reuters este mês que a Vivendi planeja reduzir seus direitos de voto na Mediaset para menos de 10 por cento dependendo do resultado de sua apelação.