Usiminas fecha pedido que suspende obrigação de notas de credores

Renúncia dos credores a cláusulas de inadimplência da Usiminas sobre as notas é válida a partir de 30 de junho

São Paulo – A Usiminas informou nesta sexta-feira que concluiu um pedido para suspensão de obrigações devidas a dentetores de notas equivalentes a 400 milhões de dólares com vencimento em 2018.

Segundo a empresa, a renúncia dos credores a cláusulas de inadimplência da Usiminas sobre as notas é válida a partir de 30 de junho.

A siderúrgica informou ainda que vai pagar em 19 de janeiro 2,50 dólares para cada 1.000 dólares de principal de cada nota cujo titular deu permissão para a empresa suspender obrigações.