Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

UE multa Sony, Panasonic e Sanyo por cartel de preços de baterias

Sony, Panasonic e Sanyo são acusadas de conspirar sobre os preços de baterias utilizadas em laptops e smartphones

Bruxelas – O órgão regulador de defesa econômica da União Europeia, a Comissão Europeia, multou as companhias Sony, Panasonic e Sanyo num total de 166 milhões de euros (cerca de US$ 175 milhões) por conspirar sobre os preços de baterias recarregáveis utilizadas em equipamentos como laptops e smartphones.

Entre 2004 e 2007, as empresas fizeram acordos sobre aumentos temporários de preços e trocaram informações sensíveis, como previsões de oferta e demanda e de preços, segundo a Comissão Europeia.

O contato entre os membros do cartel acontecia primordialmente na Ásia e ocasionalmente na Europa.

De acordo com a chefe antitruste da União Europeia, Margrethe Vestager, a multa manda um sinal importante para as companhias.

“Se os consumidores europeus foram afetados pelo cartel, a Comissão vai investigar, mesmo que os contatos anticompetitivos tenham acontecido fora da Europa”, disse.

A Sanyo teve a multa mais alta, de 97 milhões de euros, enquanto a Panasonic foi penalizada em 39 milhões de euros. Já a Sony teve a multa mais branda, de 29,8 milhões de euros.

A Samsung também participou do cartel, mas escapou de uma multa de 58 milhões de euros por ter denunciado o esquema.

Fonte: Dow Jones Newswires.