Tráfego de passageiros da LAN cresce 15,9% em 2011

A LAN, que espera fechar no fim deste trimestre sua fusão com a brasileira TAM, planeja investir mais de 5 bilhões de dólares entre 2011 e 2014 para ampliar a sua frota

Santiago – A chilena LAN, uma das maiores companhias aéreas da América Latina, registrou alta de 15,9 por cento em seu tráfego de passageiros em 2011, apoiada principalmente pelo bom desempenho de suas operações domésticas nos países onde opera.

A LAN, que espera fechar no fim deste trimestre sua fusão com a brasileira TAM, informou nesta segunda-feira que o aumento anual no tráfego foi estimulado pelo transporte doméstico, que cresceu 23,7 por cento, enquanto que o internacional avançou 12,6 por cento.

A empresa, com sede em Santiago, tem operações na Argentina, na Colômbia, no Chile, no Equador e no Peru, além de unidades de negócios de cargas no Brasil e no México.

O tráfego de cargas teve um aumento interanual de 11,3 por cento em 2011.

“O tráfego e a capacidade de carga cresceram graças à chegada de dois aviões Boeing 767F em dezembro de 2010 e janeiro de 2011 que foram destinados para estimular o crescimento dos mercados da América Latina, da costa oeste dos Estados Unidos e do México”, explicou a LAN em comunicado.

A LAN planeja investir mais de 5 bilhões de dólares entre 2011 e 2014 para ampliar a sua frota de aviões.

O agressivo plano de expansão da LAN ganhará mais força com a aquisição da TAM, o que tornará a companhia um dos dez maiores grupos aéreos do mundo.

A LAN, uma das poucas companhias aéreas classificadas com grau de investimento, afirmou que em dezembro seu tráfego de passageiros cresceu 13,6 por cento devido ao forte desempenho de suas operações domésticas, que avançaram 31,5 por cento, em linha com o crescimento da capacidade.