TIM espera alta de 50% nas vendas de aparelhos no quarto tri

A empresa espera repetir no período a magnitude de crescimento de vendas de aparelhos do terceiro trimestre

Rio de Janeiro – A TIM espera um crescimento em torno de dois dígitos nas vendas deste ano e “nos próximos três anos pelo menos”, segundo o diretor comercial da empresa, Lorenzo Lindner. A meta otimista tem em vista o plano de investimentos da operadora, que prevê R$ 8,5 bilhões até 2013, bem como sinergias com as aquisições da Intelig e da AES Atimus, rebatizada de TIM Fiber.

Na análise do executivo, a operadora vem “acelerando” suas operações e presença no mercado. Após uma queda de 1% na receita em 2009, o faturamento subiu 6% em 2010. As expectativas para o quarto trimestre também são elevadas: a TIM espera repetir no quarto trimestre a magnitude de crescimento de vendas de aparelhos do terceiro trimestre, quando vendeu 50% a mais de unidades frente a igual trimestre no ano passado – sendo que somente a venda de smartphones quadruplicou. “Esperamos repetir estas taxas de crescimento no quarto trimestre”.

Uma das apostas da operadora é o crescimento no uso de dados por sua base, em torno de 60 milhões de clientes. “Hoje, das vendas de novos aparelhos 70% são smartphones” disse, acrescentando que, em um período de um ano, não vê dificuldades para que esse porcentual seja de 100%. Isso, na prática, elevaria o potencial de uso de dados entre os clientes TIM. “Queremos que todos os nossos clientes usem internet. Nosso foco não é market share; é crescer com rentabilidade, crescer em faturamento”, avaliou o executivo.

Do total de clientes TIM, 85% são do segmento pré-pago e 15% pós-pago. Para Lindner, o cenário é coerente com o mercado de telefonia celular brasileiro, que conta com crescimento expressivo na entrada de novos usuários originados das classes C e D.