Texto interno no Google contra diversidade irrita funcionários

Trabalhadores que leram o documento consideraram sair da empresa

São Paulo – Um manifesto contra a diversidade no trabalho, feito por um funcionário do Google, foi divulgado internamente na empresa e irritou seus funcionários. De acordo com uma reportagem do Motherboard, a pessoa em questão era um engenheiro sênior da companhia e ele pedia diversidade ideológica, em vez de diversidade racial e de gênero.

O teor do documento não foi integralmente divulgado, mas alguns funcionários que o leram disseram até mesmo considerar deixar a empresa por conta do ocorrido. Em parte, o relatório ressaltava a diferença biológica entre homens e mulheres como argumento contra a diversidade.

Vale notar que o Google enfrenta uma disputa judicial com o Departamento do Trabalho americano por pagar mais a homens do que a mulheres.

O Google não se pronunciou oficialmente sobre o caso. Se isso acontecer, a matéria será atualizada para incluir o posicionamento da empresa.