Suzano sobe preço da celulose na América do Norte, Europa e China

Novos valores entram em vigor a partir de 1º de janeiro, segundo a Suzano

São Paulo – A Suzano Papel e Celulose anunciou o aumento no preço lista da celulose fibra curta para os três mercados: América do Norte, Europa e China. Os novos valores valem a partir de 1º de janeiro de 2017.

Na América do Norte, o preço lista será de US$ 860 por tonelada. Na Europa passará para US$ 680/t e na China para US$ 570/t. “A Suzano entende que os fundamentos de mercado neste momento suportam esse anúncio”, informou a empresa, em nota.

Para a China, este é o segundo aumento anunciado no segundo semestre de 2016 pela Suzano. No dia 1º de outubro passou a valer o preço de US$ 530/t, sendo ajustado para US$ 550/t em 1º de dezembro.

A Fibria, concorrente da Suzano, também fez dois ajustes para o mercado chinês, atingindo US$ 550/t desde o dia 1º de dezembro de 2016.

Também no início de dezembro, a companhia informou um aumento para US$ 680 por tonelada na Europa e para US$ 860 por tonelada nos Estados Unidos, válidos a partir de janeiro de 2017.