Startup de Cingapura compra 49% da Rolling Stone

A BandLab Technologies, especializada em música e tecnologia, se converterá, assim, em sócia do proprietário atual, Wenner Media

Uma startup de Cingapura anunciou a compra de 49% da revista americana Rolling Stone, por um valor não divulgado, com o objetivo de diversificar a marca em relação à organização de eventos e marketing.

A BandLab Technologies, especializada em música e tecnologia, se converterá, assim, em sócia do proprietário atual, Wenner Media, indicaram as duas companhias em um comunicado divulgado no domingo.

A startup está dirigida por Kuok Meng Ru, de 28 anos, membro de uma das famílias mais ricas da Ásia.

A nova entidade, chamada de Rolling Stone International, estará dirigida por Kuok e organizará shows e eventos, indicou a Bloomberg News, “baseando-se na atratividade e no reconhecimento da marca em nível mundial”.

Kuok é filho do magnata do óleo de palma cingapuriano Kuok Khoon Hong, fundador do Wilmar International, o principal negociante do setor. Também é o sobrinho-neto de Robert Kuok, o homem mais rico da Malásia, com um capital de mais de 11 bilhões de dólares, segundo a Forbes.

“O impacto da Rolling Stone na cultura ao longo dos anos é imensurável e sinto-me honrado em entrar na equipe na nova fase de sua viagem”, disse Kuok.

A BandLab Technologies já é proprietária de uma plataforma on-line para músicos, uma web para compor música, um estúdio que projeta acessórios para instrumentos e do principal distribuidor de equipamentos de áudio do sudeste da Ásia.