Snoopy e Moranguinho são vendidos por 345 milhões de dólares

Já proprietário dos direitos de vários personagens infantis, como os Teletubbies e o Inspetor Bugiganga, o DHX comprou esses novos personagens

O grupo canadense DHX Media desembolsou 345 milhões de dólares para obter a propriedade de dois famosos personagens de histórias em quadrinhos, Snoopy e Moranguinho, segundo um comunicado publicado na quarta-feira.

Já proprietário dos direitos de vários personagens infantis, como os Teletubbies, o Inspetor Bugiganga e Caillou, entre outros, o DHX comprou esses novos personagens da empresa americana Iconix Brand Group.

A Iconix tinha, por sua vez, comprado os Peanuts, o grupo de crianças que acompanha o o cachorro Snoopy, criado em 1950 pelo cartunista americano Charles Schulz, por 175 milhões de dólares do grupo de mídia E.W. Scripps em 2010.

A família de Charles Schulz mantém 20% de participação nos Peanuts, e o resto passa a ser do DHX.

A Moranguinho, menina que usa uma roupa cor de rosa estampada com pequenos morangos, foi lançada em 1979.

Com o tempo, tanto os Peanuts como a Moranguinho foram comercializados de diferentes formas em jogos, programas de televisão e filmes.

A animação “Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o filme”, que saiu em novembro de 2015, gerou uma receita de 246 milhões de dólares em todo o mundo, segundo o site especializado Box Office Mojo.

Para adquirir os dois personagens a um preço superior do que seu faturamento anual (304 milhões de dólares no exercício fiscal 2015-16, concluído em junho), o DHX teve que pedir dinheiro emprestado.

O grupo recorreu principalmente a um crédito renovável, um empréstimo bancário e um obrigatório para completar a operação.