Sem Globo, jogo Brasil x Argentina passa na internet

Jogo entre Brasil e Argentina, um dos maiores clássicos, será transmitido por outras plataformas, quebrando a regra na TV brasileira dos últimos anos

Rio – Quem quiser assistir ao clássico do futebol Brasil x Argentina nesta sexta-feira terá de acordar cedo, às 7 horas (de Brasília), e também zapear por canais pouco comuns nas transmissões dos grandes eventos esportivos do País – pelo menos até hoje.

Quebrando a regra na tevê brasileira dos últimos anos, um dos maiores clássicos do mundo será transmitido pelas TVs Brasil e TV Cultura, que têm vieses educativos nas transmissões e que costumam dar traço na audiência. A outra opção é assistir ao jogo pela internet.

Sem a Globo, que não aceitou a proposta da CBF de adquirir os direitos de transmissão dos amistosos diante de Argentina e Austrália (na terça-feira) de forma avulsa, a entidade que comanda o futebol brasileiro decidiu alçar voo solo, e diferente, e comprou espaço por valor irrisório nas grades da TV Brasil e Cultura para mostrar as partidas.

As duas emissoras têm seus sinais exibidos em canais diferentes em cada Estado do Brasil. Alguns transmitem através de sinal próprio das emissoras, mas a maioria o faz na TV aberta por meio de retransmissão de TVs educativas estaduais – que não raro não conseguem ser sintonizadas fora das grandes metrópoles, algo bem diferente da Rede Globo, cujo sinal atinge praticamente todo o País.

Quem tem acesso à TV por assinatura terá menos dificuldade em sintonizar os canais, principalmente da emissora nacional. Isso porque ela está presente no pacote básico oferecido por praticamente todas as principais operadoras do Brasil.

O acordo com a TV Brasil foi o primeiro a ser anunciado e a emissora estatal optou por aproveitar da melhor forma a veiculação inédita de um jogo de futebol da seleção brasileira.

Mais do que vender o espaço na sua grade por três horas, entre às 6h30 e às 9h30 desta sexta-feira, por R$ 15 mil, a TV Brasil alterou a sua programação habitual e exibirá o programa de debates esportivos No Mundo da Bola logo após o jogo. Em geral, a atração é apresentada somente nas noites de domingo.

A TV Cultura decidiu manter a grade habitual antes e depois do jogo. O canal deixará de exibir atrações infantis como Peppa Pig e Cocoricó durante o horário do amistoso da seleção.

Assim que acabar a transmissão, às 9h30, seguida dos palpites de Pelé e Denilson – que foram contratados pela CBF para comentar a partida -, além das reportagens pós-jogo direto de Melbourne, a Cultura volta com a sua grade original, com o Quintal da Cultura e seus personagens Doroteia, Ludovico e Osório.

Internet

Além dos canais públicos de televisão, outra opção para assistir aos jogos será a internet. A CBF TV vai transmitir a partida também no seu site, assim como o Portal UOL, que anunciou acordo para exibição do jogo na última terça-feira.

Já a operadora de celular Vivo, patrocinadora da seleção desde 2005, permitirá que seus assinantes assistam ao confronto através de canal próprio a ser acessado por celular e tablet.

As imagens serão geradas pela CBF TV. A entidade enviou profissionais a Melbourne. O narrador Nivaldo Pietro (FOX Sports), Pelé e o ex-jogador Denilson (Band) foram contratados.

Eles ficarão em um estúdio na sede da CBF, no Rio. A transmissão dos jogos por conta própria funcionará como uma espécie de “piloto” para a CBF. A intenção é faturar mais com transmissões próprias e patrocínios.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paka Kaska Jr.

    PAÍS no fundo do poço; discutir quem é que vai transmitir os “cabeças de bagre”chutando uma bola, é o fim da picada…!!! Aliás, é uma forma de idiotizar ainda mais os já idiotizados…!! Desviar as atenções dos assuntos que estão acabando com a republiqueta de que leva de 7X1 da alemanha e pensa que está tudo ótimo..!!