Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,65 -0,49%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

Samarco exporta minério de estoque apesar de operações paradas

A atividade de mineração da Samarco foi interrompida após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em novembro de 2015

A mineradora Samarco, cujas atividades de mineração foram interrompidas há mais de um ano após o rompimento de uma de suas barragens de rejeitos, exportou para a China nesta semana aproximadamente 78 mil toneladas de finos de minério de ferro, material utilizado para a fabricação de pelotas.

Segundo informações da empresa, uma joint venture da brasileira Vale com a anglo-australiana BHP Billiton, o material foi recuperado de estoques de minério da própria Samarco e processado no Complexo de Ubu, no Espírito Santo, onde a empresa tem um terminal marítimo próprio.

“Desde a paralisação das atividades, esse é o segundo embarque de ‘pellet feed’ da mineradora”, afirmou a Samarco, em um e-mail enviado à Reuters, explicando que não há previsão de novas transações no momento.

O primeiro embarque após a paralisação das atividades, de 25 mil toneladas de finos de minério de ferro, ocorreu em julho para os Estados Unidos, segundo a Samarco.

A atividade de mineração da Samarco foi interrompida após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em novembro de 2015. As operações de suas usinas de pelotização e de exportação foram suspensas pouco tempo depois.

O desastre deixou 19 mortos, centenas de desabrigados e poluiu o rio Doce, que percorre diversas cidades e deságua no mar capixaba;

Atualmente a empresa está em processo de licenciamento para retornar às atividades.