Renova diz que não há decisão formal sobre venda de ativos

Segundo uma fonte, a AES Brasil já concluiu uma due diligence da usina e apresentou uma proposta na semana passada

São Paulo – A Renova Energia, braço de investimentos em geração renovável da mineira Cemig, afirmou nesta terça-feira que até o momento não existe qualquer decisão formal sobre venda de ativos, após a Reuters noticiar na véspera que a companhia negocia a venda de um parque eólico na Bahia para a subsidiária brasileira da norte-americana AES.

Segundo uma fonte com conhecimento do assunto, a AES Brasil já concluiu uma due diligence da usina e apresentou uma proposta na semana passada, em um negócio que pode envolver entre 600 milhões e 700 milhões de reais.

A Renova esclareceu ainda que tem avaliado diversas opções para reduzir seu endividamento e adequar seu plano de negócios, dentre as quais a venda de ativos ou a entrada de novos sócios na companhia.