Recurso da Oi contra falência de veículos financeiros é negado

A companhia também disse que a rejeição dos recursos não gera impacto sobre seu dia a dia

São Paulo – A Suprema Corte da Holanda rejeitou recursos apresentados pela Oi contra falência de veículos financeiros ligados à operadora, informou a companhia nesta sexta-feira.

Os veículos financeiros são Oi Brasil Holdings e Portugal Telecom International Finance. A companhia afirmou que a decisão da justiça holandesa “não produz efeitos no Brasil e em outras jurisdições que reconhecem a competência da justiça brasileira para processar a recuperação judicial” do grupo.

A companhia também disse que a rejeição dos recursos não gera impacto sobre seu dia a dia e que “continua com sua operação saudável e forte atuação comercial, mantendo suas vendas, instalações, manutenção e investimentos”.

A Oi afirmou ainda que está “evoluindo nas discussões sobre a melhor proposta de plano de recuperação judicial”, mas não informou detalhes sobre esta evolução.