Receita líquida da Cosan cresce 5% no 4o tri de 2010/11

Valor de 4,6 bilhões de reais é 4,9% maior do que no mesmo período dos 12 meses anteriores

São Paulo – A Cosan, maior produtora brasileira de açúcar e etanol, informou na noite de quinta-feira que apurou receita líquida de 4,6 bilhões de reais no quarto trimestre do último ano fiscal, 4,9 por cento acima do montante visto no mesmo período dos 12 meses anteriores.

Em todo o ano-safra 2010/2011, a receita líquida da companhia cresceu 17,8 por cento, para 18,1 bilhões de reais.

As vendas de açúcar da empresa somaram 985,1 milhões de reais nos três últimos meses de 2010/2011, uma queda anual de 19 por cento.

Enquanto isso, a comercialização de etanol foi 10,7 por cento superior no trimestre, alcançando 666,7 milhões de reais.

No fechado do ano, as vendas de açúcar e álcool da companhia totalizaram, respectivamente, 3,8 bilhões e 2,2 bilhões de reais, aumentos de 14,1 e 26,1 por cento ano a ano.

Em volumes, a Cosan informou ter comercializado 939,9 mil toneladas de açúcar no quarto trimestre de 2010/2011 e 4,3 milhões de toneladas no ano como um todo. No ano fiscal anterior, os volumes haviam sido de 1,2 milhão e 4,1 milhões de toneladas.

Já as vendas de etanol caíram de 560,9 milhões para 528 milhões de litros, mas subiram de 2,1 bilhões a 2,2 bilhões de litros no ano.

Em cogeração de energia, a receita líquida apurada no quarto trimestre foi de 4,4 milhões de reais, redução de 22,8 por cento na relação anual.

A Cosan divulga os resultados consolidados referentes ao ano-safra 2010/2011 em 6 de junho.