Questionada pela CVM, Suzano diz que se prepara para fusões

A Suzano foi questionada sobre a notícia de que contratou bancos para assessorá-la em oferta pela Eldorado

São Paulo – A Suzano afirmou nesta segunda-feira que tem defendido o redesenho da indústria de papel e celulose e que isso pode envolver movimentos de fusão e aquisição por parte da companhia.

Em resposta a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre matéria veiculada semana passada pelo jornal O Estado de São Paulo, de que a empresa contratou Bradesco BBI e Itaú Unibanco para assessorá-la em oferta pela Eldorado, a Suzano afirmou que “permanentemente avalia e se prepara para possibilidades de fusões e consolidação”.