Proibida cria cerveja “delicada” para mulheres e irrita público

“Proibida Puro Malte Rosa Vermelha Mulher, uma cerveja delicada e perfumada, feita especialmente para você mulher”, diz a marca

O ano começou agitado para o mercado de comunicação. Se a polêmica do inicio da semana girou em torno da campanha “Gente boa também mata”, do Ministério dos Transportes, nas últimas horas as discussões se voltaram para um novo produto da cerveja Proibida: uma bebida criada “especialmente” para mulheres.

“Proibida Puro Malte Rosa Vermelha Mulher, uma cerveja delicada e perfumada, feita especialmente para você mulher”, diz a marca através de um post no Facebook.

Depois do anúncio da “novidade” nas redes sociais, não demorou muito para que a publicação ganhasse mais de dois mil comentários, incluindo a indignação e a ironia de dezenas de mulheres.

“Vou comprar canudinhos cor-de-rosa pra tomar nessa longneck com esse rótulo muito feminino (olha como pensam em tudo!), na cor rosa perolado. Onde será que tem um bar de mulher, com mesa de mulher, com cadeira de mulher, com maquininha de cartão pra mulher, pra gente poder experimentar??? Tô muito curiosa!!! O MACHISMO NOSSO DE CADA DIA!”, comentou uma seguidora da marca no Facebook.

Outro comentário também fala sobre a incoerência da segmentação. “Cervejeiro que é cervejeiro desenvolve sabores para agradar paladares e não gêneros. Obrigada, Proibida, por expor vosso desconhecimento no setor. Buscarei marcas mais profissionais”.

O Adnews entrou em contato com a assessoria de imprensa da marca, que prepara um posicionamento oficial para encaminhar para os veículos nos próximos minutos.

O que você achou da segmentação da cerveja?

3843703682

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gláucio Silva

    Nossa quanto mi mi mi… Se não fazem nada para a as mulheres é porque não dão valor, se fazem é porque são machistas. Não gosto de cerveja, mas a campanha em minha opnião está apenas segmentando um mercado econômico importante. Acredito que quem vê mais que isso está precisando é de tratamento.

  2. Leticia Romualdo Mazaron

    Simplesmente estão de parabéns! Eu me incomodava com as campanhas de marcas de cerveja que abordavam homens bebendo e mulheres seminuas se exibindo… isso era machismo e ninguém reclamava! E outra coisa interessante, quando abordam propagandas vinculadas a futebol, homem e cerveja? Isso entre aspas estava segmentando o produto. Agora que fizeram uma cerveja pra mulher estão falando que é machismo? Eu não compreendo mais nada!!! Simplesmente, pasma com essa polêmica toda!!

    1. Você não compreende porque é alienada. Essas propagandas de cerveja que tratam mulher como objeto e não como consumidora SEMPRE foram criticadas. Óbvio que muita gente (homens) não gostam dessas críticas mas elas não deixam de existir. Mulher não deve ser segregada a consumir um produto. Mulheres tem gostos diferentes, inclusive em relação a cerveja. O mundo é todo nosso, querida! Se não entendeu eu posso desenhar!!

    2. Gláucio Silva, você não tem que achar nada porque o produto não é destinado a você. Já existia o produto para mulheres. TODAS AS OUTRAS CERVEJAS DO MUNDO. Assim, cada mulher pode escolher a sua. Vá procurar tratamento vc e pare de se intrometer em assuntos que não são da sua alçada.

    3. Leonardo Santos

      Ta ridiculo esse fanatismo de querer acusar tudo de machismo,não consegue entender que a cerveja foi “criada” para elas, não conseguem. interpretar que isso é uma forma de exaltar e não diminuir, essa geração ta cheia de super “intelligentes” de opinião formada.