Pfizer diz que não se dividirá em duas

Pfizer anunciou que decidiu não se separar em duas empresa de capital aberto no momento

A farmacêutica norte-americana Pfizer disse nesta segunda-feira que decidiu não se separar em duas empresas de capital aberto neste momento.

A Pfizer tem avaliado há vários anos se faria sentido dividir a companhia, em grande parte porque os seus medicamentos protegidos por patentes rotineiramente mostram crescimento das vendas, enquanto o portfólio de genéricos geralmente registra declínios.

Os investidores mudaram seu foco para se a Pfizer iria se dividir depois que a empresa cancelar um acordo de 160 bilhões de dólares para adquirir farmacêutica irlandesa Allergan em abril devido a novas regras tributárias dos Estados Unidos.

A companhia disse nesta segunda-feira que a decisão não afetaria suas projeções para 2016, e que preserva a opção de divisão no futuro.