Pela 1ª vez, presidente da Toyota no Brasil não será japonês

É a primeira vez em 59 anos no País que a marca terá um presidente não japonês

São Paulo – A Toyota do Brasil anunciou nesta terça-feira, 20, a troca de comando das operações locais. A partir de janeiro, o grupo será presidido pelo peruano Rafael Chang, em substituição a Koji Kondo, que retornará ao Japão.

É a primeira vez em 59 anos no País que a marca terá um presidente não japonês.

A escolha de Chang foi anunciada após a Toyota divulgar investimentos de R$ 600 milhões para ampliar a produção de motores em Porto Feliz (SP). A Toyota é uma das poucas a registrar alta de vendas neste ano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.