Pedidos firmes por CSeries da Bombardier chegam a 182

Companhia disse que Iraqi Airways assinou acordo para adquirir cinco unidades de seu avião maior, encerrando uma seca de encomendas

A Bombardier disse nesta quarta-feira que a Iraqi Airways assinou um acordo para adquirir cinco unidades de seu avião maior CSeries, encerrando uma seca de encomendas de seis meses para o novo avião.

O CS300, com capacidade entre 130 e 160 passageiros, faz parte do programa de 3,4 bilhões de dólares da Bombardier para construir um novo jato para competir com os menores aviões das gigantes Boeing e Airbus.

O acordo de 387 milhões de dólares com a operadora nacional do Iraque segue uma carta de intenção anunciada no mês passado, e eleva o número total de pedidos firmes do CSeries para 182.

A Iraqi Airways tem opções por outros 11 CS300 adicionais, elevando o valor potencial do acordo para 1,26 bilhão de dólares a preços de lista.

A Bombardier tem dito repetidamente que espera ter 300 pedidos firmes pelo avião, assim que ele fizer seu primeiro voo comercial, atualmente previsto para o próximo outono no hemisfério Norte.

Mas pedidos firmes têm vindo lentamente após cerca de nove meses de atraso de desenvolvimento, com clientes em potencial à espera de dados dos testes de voo para confirmar as afirmações da empresa sobre economia de combustível e custos.

Este é o primeiro pedido firme desde a encomenda da Ilyushin Finance anunciada em 4 de junho.