PDVSA deduz débitos e promete pagar Exxon em 60 dias

A Exxon Mobil informou neste domingo que venceu disputa com a PDVSA em arbitragem internacional e deverá receber 908 milhões

Rio de Janeiro – A estatal Petroleos de Venezuela (PDVSA) disse nesta segunda-feira que pagará 255 milhões de dólares em 60 dias a Exxon Mobil, seguindo decisão de arbitragem internacional sobre a nacionalização de ativos da companhia norte-americana.

A petrolífera norte-americana Exxon Mobil, informou neste domingo que venceu disputa com a PDVSA em arbitragem internacional e deverá receber 908 milhões de dólares em decorrência da nacionalização de ativos promovida pelo governo de Hugo Chávez, em um dos processos contra a Venezuela.

A diferença entre os valores anunciados pelas petroleiras resulta de deduções de débitos devidos da Exxon à estatal venezuelana, disse a companhia de Hugo Chavez. A Exxon procura reaver 10 bilhões de dólares em compensações depois que o presidente venezuelano Hugo Chavez nacionalizou seus ativos de petróleo no país, em 2007.

A Venezuela enfrenta ainda outro processo de arbitragem com a Exxon e mais de uma dúzia de pedidos de indenização de companhias como a ConocoPhillips. A Exxon mantinha associação com a PDVSA para extrair petróleo na faixa Orinoco, região com grandes reservas petrolíferas. SL AG