Pague Menos e Ultrafarma negociam fusão, diz jornal

Os presidentes das duas empresas tem se encontrado regularmente, segundo o jornal Valor Econômico

São Paulo – A rede de farmácias Pague Menos e a Ultrafarma estariam negociando uma fusão. As informações são do jornal Valor Econômico.

Segundo o jornal, Sidney Oliveira, presidente da Ultrafarma, e Francisco Deusmar de Queirós, presidente da Pague Menos, têm se encontrado frequentemente nas últimas semanas. As conversas ainda são preliminares.

A operação seria uma reação ao processo de consolidação do mercado. Em agosto, a Drogaria São Paulo e a Pacheco anunciaram uma fusão, que criou a DPSP, que se tornou a maior em vendas, com 4,4 bilhões de reais. No começo do mesmo mês, a Droga Raia e a Drogasil haviam anunciado uma fusão, que gerou uma empresa com uma receita bruta de 4,1 bilhões de reais. A BR Pharma fez três aquisições em 2011. 

Na época dessas fusões, o presidente da Pague Menos havia afirmado que não havia planos para unir sua operação a de outros. “De jeito nenhum”, disse ele, em entrevista a EXAME.com. A Pague Menos fatura cerca de 2,8 bilhões de reais por ano e possui mais de 400 lojas distribuídas no Brasil.