Os Vingadores e as bilheterias bilionárias da história

Com 1,002 bilhão de dólares, cifra alcançada neste fim de semana, o longa agora faz parte do grupo das grandes bilheterias de Hollywood

Bastaram 19 dias para que Os Vingadores, a nova adaptação cinematográfica da série de quadrinhos da Marvel, entrasse para um rol super-seleto – sem trocadilho – da história do cinema. Com 1,002 bilhão de dólares, cifra alcançada neste fim de semana, o longa agora faz parte do grupo das bilheterias bilionárias. Todas, sem exceção, são de Hollywood.

É mais um feito para a produção que traz no elenco Robert Downey Jr. e Scarlett Johansson. Desde que estreou, o filme vem cravando marca atrás de marca: foi o longa mais visto em seu fim de semana de estreia no Brasil e em diversos países, depois se tornou o longa mais visto na primeira semana em cartaz no país, desbancando o último e poderoso Harry Potter, e, por fim, chegou aos Estados Unidos como a maior estreia da história americana.

O bom desempenho levou a Disney a anunciar, cerca de dez dias após o lançamento, que Os Vingadores terá sequência em 2014.

Confira abaixo as bilheterias bilionárias da história do cinema. Os filmes estão ordenados de acordo com a receita, do maior para o menor faturanento – embora nenhum seja pequeno.

Avatar (2009)

A história da luta entre humanos e alienígenas da tribo Na’vi pelas riquezas naturais de Pandora — o que levou o filme a ser visto como metáfora da invasão americana no Iraque — quebrou recordes. Ao todo, Avatar arrecadou 2,78 bilhões de dólares. O faturamento do longa ultrapassou o valor ganho por Titanic (1997), até então o longa mais visto da história. O detalhe curioso é que ambos são projetos do canadense James Cameron, um cineasta que certamente não tem problemas financeiros.

Titanic (1997)

A reestreia de Titanic na versão 3D, com gancho no centenário do naufrágio do navio, fez o longa voltar à disputa pelo primeiro lugar na lista das maiores bilheterias de todos os tempos. O retorno da trilha que causa engulhos na atriz Kate Winslet, no entanto, não permitiu a Titanic superar Avatar. Em sua estreia em 1997, o filme de James Cameron sobre a história de amor entre Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet) arrecadou 1,8 bilhão de dólares. Em 2012, com os recursos em 3D, chegou a 2,04 bilhões de dólares.

Transformers – O Lado Oculto da Lua (2011)

As eternas cenas de ação entre robôs gigantes alienígenas que se transformam em carros de Transformers – O Lado Oculto da Lua conquistaram o público e deram ao longa o quarto lugar na lista das maiores bilheterias, com 1,12 bilhão de dólares. O terceiro filme da saga dirigida por Michael Bay custou 195 milhões de dólares e apresentou melhorias em relação aos dois primeiros da franquia, tanto em relação à animação como à história. Em sua estreia, em junho de 2011, o filme se tornou a terceira maior arrecadação no fim de semana de estreia.

O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei (2003)

A viagem final de Frodo, Sam e Gollum à Montanha da Perdição para destruir o Anel rendeu ao último capítulo da saga fantástica O Senhor dos Anéis 1,11 bilhão de dólares nos cinemas. Além da notável arrecadação, o desfecho da trilogia igualou o recorde de Titanic no Oscar: o longa levou 11 estatuetas na festa de 2004, incluindo o prêmio de melhor filme. Os três longas da série baseada nos livros de J.R.R. Tolkien foram dirigidos pelo neozelandês Peter Jackson.


Piratas do Caribe – o Baú da morte (2006)

O segundo filme da saga Piratas do Caribe traz o ator Johnny Depp no papel do amalucado capitão Jack Sparrow, aqui encrencado com Davy Jones, comandante de um poderoso navio fantasma, o Flying Dutchman. No total, o longa arrecadou 1,066 bilhão de dólares desde sua estreia em 2006. O primeiro filme da série havia atingido uma receita de 654,24 milhões de dólares.

Toy Story 3 (2010)

Prestes a ir para a faculdade, o jovem Andy, de 17 anos, resolveu arrumar seu quarto e descartar coisas de que não precisaria mais, como seus brinquedos. É aí que o boneco do caubói Woody entra em ação para salvar os amigos Buzz, Jessie e Sr. Cabeça de Batatas, condenados a ir para o lixo. E assim começa mais uma – a última – aventura cômica da franquia Toy Story. A série teve início em 1995 e ganhou uma sequência quatro anos depois. No entanto, foi apenas com o terceiro filme que a Disney ultrapassou a marca do bilhão com uma animação, faturando 1,063 bilhão de dólares.

Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas (2011)

De todas as sagas presentes no top 10 das maioers bilheterias do cinema, Piratas do Caribe é a única que possui dois longas na lista. O último filme da série de histórias sobre o pirata Jack Sparrow (Johnny Depp) arrecadou 1,04 bilhão de dólares, cerca de 20 milhões a menos do que o segundo capítulo da franquia. No Brasil, Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas se tornou a maior bilheteria da Disney na história do país.

Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999)

Assim como Titanic, o quarto filme da série Star Wars voltou aos cinemas mais de uma década depois de sua estreia, mas na versão 3D. O sucesso de bilheteria do longa na época, somado ao faturamento da reestreia, o fez passar da marca do bilhão, com 1,026 bilhão de dólares. Na ordem cronológica da história, Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma, dirigido por George Lucas, é o filme número 1. Ele conta a vida do aprendiz de Jedi Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) e seu tutor, Qui-Gon Jinn (Liam Neeson). Os dois são responsáveis pela segurança da rainha Amidala (Natalia Portman) em seu caminho para uma reunião de líderes em busca de paz no espaço.

Alice no País das Maravilhas (2010)

A transformação da atmosfera dos sonhos de Alice no País das Maravilhas, história escrita por Lewis Carroll em 1865, em um ambiente mais parecido com um pesadelo narrado por Tim Burton rendeu boas críticas e 1,024 bilhão de dólares em bilheteria. Ao lado das outras três produções da Disney, o longa, lançado em 2010 e com Johnny Depp no papel do Chapeleiro Louco, entrou para as bilheterias bilionárias.

Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)

Um milhão de dólares a menos e o filme Batman – O Cavaleiro das Trevas não estaria na lista das bilheterias bilionárias. O longa dirigido por Christopher Nolan fechou sua arrecadação em 1 bilhão de dólares enquanto esteve em cartaz nos cinemas de todo o mundo. O segundo filme da história do homem-morcego trouxe Christian Bale no papel de Bruce Wayne/Batman. O ator Heath Ledger, que interpretou o vilão pirado Coringa, morreu pouco depois do fim das filmagens.

Os Vingadores

Foram necessários apenas 19 dias em cartaz para que Os Vingadores, adaptação cinematográfica dos quadrinhos da Marvel, entrasse no clube hollywoodiano de filmes de arrecadação bilionária em todo o mundo, com 1,003 bilhão de dólares. No entanto, não foi preciso mais do que o primeiro fim de semana de estreia para que a história da união de forças entre os heróis para salvar o mundo começasse a quebrar recordes. No Brasil e em outros lugares, como Argentina, Taiwan e Nova Zelândia, o longa se tornou o mais visto em estreia. Nos Estados Unidos, não foi diferente. Os heróis desbancaram Harry Potter do posto de melhor abertura americana, arrecadando nada menos que 200,3 milhões.