Os 10 bilionários mais jovens do mundo

Conheça quem já começou a vida com um belo pé-de-meia – por herança ou empreendedorismo

São Paulo – É um fato: o Facebook ainda é um celeiro de jovens bilionários. Nada menos que quatro dos dez jovens mais ricos do mundo devem sua fortuna à rede social que já tem mais adeptos do que centenas de países têm de habitantes.

Mas a empresa criada por Mark Zuckerberg não é a única fonte de riqueza para quem já começou a vida com um vultoso patrimônio. Veja, a seguir, quem são e de onde veio a fortuna dos jovens bilionários listados pela Forbes:

Dustin Moskovitz

 

Com 27 anos, é o mais jovem bilionário do mundo. Sua fortuna é calculada pela Forbes em 3,5 bilhões de dólares. Em Harvard, Moskovitz foi colega de quarto de Mark Zuckerberg e o ajudou a fundar o Facebook. Como é oito dias mais novo que ele, ficou com o título de o mais jovem ricaço do planeta.

Mark Zuckerberg

 

Como se viu, o principal criador do Facebook só não é o mais jovem bilionário do mundo, porque seu colega de quarto em Harvard, Dustin Moskovitz, é oito dias mais novo que ele. De qualquer modo, com 27 anos e às vésperas de promover o bilionário IPO do Facebook, Zuckerberg pode se consolar com o segundo lugar à sombra de um patrimônio de 17,5 bilhões de dólares – cinco vez mais que o de Moskovitz.

Albert Von Thurn Und Taxis

 

Albert Von Thurn Und Taxis entrou para a lista de bilionários da Forbes com apenas oito anos, com a morte de seu pai em 1990. Albert é remanescente de uma das famílias reais da Alemanha. Com o título de Príncipe de Thurn Und Taxis, a origem de sua fortuna remonta aos ancestrais ainda do Sacro Império Romano-Germânico.


Com 28 anos, conta com uma fortuna de 1,5 bilhão de dólares. Seus hábitos mais, digamos, plebeus incluem o automobilismo, sendo um premiado piloto na categoria ADAC GT Masters da Alemanha. Além disso, sua família possui cervejarias e inúmeros imóveis e castelos.

Scott Duncan

Scott Duncan é o quarto jovem mais rico do mundo. Aos 29 anos, acumula um patrimônio de 4,1 bilhões de dólares, cuja origem é a Enterprise, uma das maiores proprietárias de oleodutos e gasodutos dos Estados Unidos. A empresa, que possui mais de 80.000 quilômetros desses dutos no país, foi fundada por seu pai, Dan Duncan, com apenas dois caminhões.

Eduardo Saverin

 

Imortalizado pelo filme A Rede Social, que descreve sua batalha judicial contra Mark Zuckerberg para ser reconhecido como um dos criadores do Facebook, o brasileiro Eduardo Saverin é hoje o quinto jovem mais rico do mundo. Aos 30 anos, sua fortuna é calculada em 2 bilhões de dólares pela Forbes.

Yang Huiyan

Essa chinesa de 30 anos tornou-se, oficialmente, uma bilionária em 2007, quando seu pai, Yeung Kwok Keung, lhe transferiu o controle de sua incorporadora, a Country Garden Holdings. Naquele ano, ela foi a pessoa mais rica da China, com um patrimônio de 16,2 bilhões de dólares. Desde então, sua fortuna caiu consideravelmente – agora, ela conta com “apenas” 4,7 bilhões de dólares.

Fahd Hariri

Fahd Hariri é o filho mais novo do ex-primeiro-ministro libanês Rafic Hariri. Aso 31 anos, vive em Paris e goza de uma fortuna de 1,3 bilhão de dólares. Formado em arquitetura, possui um estúdio de design e dedica-se a criar móveis para outros abonados clientes da Arábia Saudita.


Sean Parker

 

Antes de tirar a sorte grande investindo no Facebook, Sean Parker já era uma celebridade no Vale do Silício. Ele é o já lendário criador do Napster, o serviço de compartilhamento de arquivos que enfureceu as gravadoras há alguns anos. Aos 32 anos, Parker possui um patrimônio de 2,1 bilhões de dólares.

Ayman Hariri

O nono jovem mais rico do mundo é irmão de Fahd Hariri e, portanto, também filho do ex-primeiro-ministro libanês Rafic Hariri. Hoje, com 33 anos, é membro do conselho da Saudi Oger, uma das maiores incorporadoras e construtoras do Oriente Médio. Sua fortuna soma 1,3 bilhão de dólares.

Robert Pera

O décimo jovem mais rico do mundo é Robert Pera, com 34 anos e 1,5 bilhão de dólares de fortuna. Ex-engenheiro da Apple, Pera decidiu abrir sua própria empresa em 2005 – a Ubiquiti Networks. Ele entrou par ao clube dos bilionários seis anos depois, quando, em 2011, abriu o capital da empresa, que é focada na expansão da internet em mercados emergentes.