Oi deve conseguir US$ 1,2 bi com banco chinês, diz jornal

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a empresa de telefonia irá usar o montante para investimentos e melhorar a situação da dívida

São Paulo – Enfrentando crise de confiança dos investidores, a Oi obteve um empréstimo de 1,2 bilhão de dólares do China Development Bank, banco de desenvolvimento chinês.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a empresa de telefonia irá usar o montante para investimentos e melhorar a situação da dívida.

Como contrapartida, a Oi deverá comprar equipamentos da fornecedora chinesa Huawei. A parceria com a Huawei, divulgada no início de dezembro, prevê o uso de tecnologias como big data e inteligência de negócios.

Uma das maiores dificuldades da companhia é sua dívida. Segundo o jornal, ela tem 10 bilhões de reais em compromissos que precisam ser pagos no ano que vem, prejudicando o seu caixa.

Na bolsa, a empresa de telefonia também enfrenta turbulências, desde a prisão de André Esteves – O banco BTG possui 7,5% das ações ordinárias da empresa.

A Oi também está trabalhando em sua fusão com a Tim, depois de ter vendido a Portugal Telecom em janeiro, por 6,5 bilhões de reais.